Porsche aumenta receitas e lucros operacionais em 25%

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Porsche aumenta receitas e lucros operacionais em 25%

A Porsche anuncia aumento de receitas e lucros em 25%.

O ano passado foi um ano recordista para a marca de Estugarda: durante o mês de novembro, a Porsche atingiu o marco de 209,894 unidades vendidas, representando um acréscimo de 24% em comparação ao intervalo entre janeiro e novembro de 2014. Foi o ano de maior sucesso fiscal na história da marca.

As receitas nas vendas, os lucros nas operações e na distribuição atingiram valores recorde, assim como o número de empregados. As receitas das vendas aumentaram 21,5 biliões de euros (+ 25%), os lucros de operação subiram para 3,4 biliões de euros (+ 25%) e as entregas cresceram 19% em 2015 para mais de 225.000 veículos. O número de empregados chegou aos 24.481 no final do ano passado – mais nove por cento do que no ano anterior.

RELACIONADO: Qual é a posição ideal de condução? A Porsche explica

No início de 2016, a Porsche continua a registar excelentes resultados comparativamente com o ano passado: as entregas nos primeiros dois meses do ano aumentaram em mais de 35.000 veículos, o que representa um crescimento de 14% face ao mesmo período do ano passado. O sucesso de vendas é destacado pela maior procura dos SUV – Macan e Cayenne -, assim como o desportivo 911, o novo 718 Boxster e o Porsche Panamera.

Focada no mercado verde, a marca prepara-se para investir milhares de milhões de euros no primeiro modelo elétrico, o Porsche Mission E. Segundo Lutz Meschke, Vice-Presidente do Conselho Executivo e Membro do Conselho Executivo, este modelo não chegará ao mercado antes do final desta década.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias