Porsche Cayenne 2015: novidades a todos os níveis

A Porsche acaba de anunciar o lançamento do novo Porsche Cayenne 2015. Uma versão melhorada em diversos aspectos da geração atual.

Com lançamento oficial marcado para o Salão Automóvel de Paris, em Outubro, a marca de Estugarda acaba de revelar o facelift do Porsche Cayenne. Um modelo que estreia algumas novidades ao nível do design, da eficiência e da tecnologia disponível. Com destaque para o Cayenne S E-Hybrid, o primeiro híbrido plug-in no segmento dos SUV premium.

VEJAM TAMBÉM: Porsche Cayenne Coupé já no próximo ano?

Na restante gama, podemos contar com os já habituais Cayenne S, Cayenne Turbo, Cayenne Diesel e Cayenne S Diesel. Todas estas variantes apresentam melhorias nas prestações e no consumo. Em parte, devido ao «adeus» ao motor V8  (excepto na versão Turbo), e à substituição por um novo motor de 3,6 litros V6 biturbo desenvolvido pela Porsche.

Design recebe ligeiros retoques, por dentro e por fora

porsche cayenne 2015 2

Por fora, as melhorias são menos extensas. Só os olhos mais treinados vão conseguir notar as diferenças para a actual geração do Cayenne. No fundo, a marca pouco mais fez do que aproximar o design do Cayenne do seu irmão mais novo, o Porsche Macan. Os faróis bi-xénon vêm de série em todos os modelos S. A versão topo de gama Cayenne Turbo, destaca-se pelas luzes em LED de série com Porsche Dynamic Light System (PDLS).

No interior a Porsche o destaque vai para os novos bancos e para o volante multifunções com patilhas de série, com aspeto e funções baseadas no Porsche 918 Spyder.

Novos motores e maior eficiência

porsche cayenne 2015 8

Se por fora e por dentro, as melhorias são meramente cosméticas, debaixo do capô houve uma verdadeira revolução. A Porsche conseguiu aumentar a potência e o binário dos seus motores e simultâneamente melhorar os consumos, graças a alterações na gestão da transmissão e à melhoria dos periféricos do motor, como é o caso do “Auto Start-Stop Plus”. O novo Cayenne vai dispor ainda de uma função chamada “velejar”, que tenta maximizar o consumo de combustível quando as cargas no acelerador são pequenas.

RELACIONADO: Porsche opera uma revolução nas suas motorizações

Mas a estrela da companhia neste facelift do Porsche Cayenne, é mesmo a versão S E-Hybrid plug-in híbrida, que permite uma autonomia em modo elétrico de 18 a 36 km, dependendo da condução e da estrada. A potência do motor elétrico é de 95cv, e em conjunto com o motor 3.0 V6 conseguem um consumo combinado de 3,4 l/100km, com emissões de 79 g/km CO2. Estes dois motores atingem um potência combinada de 416cv e um binário total de 590 Nm. O suficiente para atingir os 100 km/h em 5,9 segundos e uma velocidade máxima de 243 km/h.

porsche cayenne 2015 3

Outra novidade é o motor 3.6 V6 biturbo do Cayenne S – que substitui o antigo V8- e que consegue um consumo médio entre os 9,5 e os 9,8 l/100 km (223-229 g/km CO2). Esta nova motorização debita 420cv e gera um binário máximo de 550Nm. Equipado com a caixa automatica de oito velocidades Tiptronic S, o Cayenne S acelera dos zero aos 100 km/h em apenas 5,5 segundos (5,4 segundos com o opcional Pacote Sport Chrono) e atinge uma velocidade máxima de 259 km/h.

A NÃO PERDER: Recordamos um dos últimos verdadeiros «analógicos», o Porsche Carrera GT

No campo das motorizações a gasóleo, o novo Cayenne Diesel, equipado com o motor 3.0 V6, debita agora 262cv e apresenta um consumo combinado de 6,6 a 6,8 l/100 km (173-179 g/km CO2).  Não sendo um «sprinter» o Cayenne Diesel acelera dos zero aos 100 km/h nuns parcos 7,3 segundos, enquanto que a velocidade máxima se fica pelos 221 km/h. Na versão diesel mais potente, encontramos o motor 4.2 V8 de 385cv e 850 Nm de binário máximo. Aqui os números são outros, o Porsche Cayenne S Diesel alcança os 100 km/h em 5,4 segundos e atinge uma velocidade máxima de 252 km/h. O consumo médio situa-se nos 8,0 l/100 km (209 g/km CO2).

Os preços do novo Porsche Cayenne em Portugal vão começar nos 92.093 euros (Cayenne Diesel) e vão até aos 172.786 euros da versão mais potente (Cayenne Turbo). Fiquem com a galeria de fotos:

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos