Opel GT concept apaixona Genebra

A marca alemã levou até Genebra o Opel GT concept. Um tributo ao GT original e acima de tudo, uma projeção da marca para o futuro.

Herdeiro direto da primeira geração do Opel GT e do recém-apresentado Monza Concept, o novo desportivo da marca apresenta-se como um modelo futurista mas que não esquece a tradição da marca. Para além da inexistência evidente de espelhos retrovisores, puxadores de portas e escovas limpa-pára-brisas, uma das inovações mais evidentes está portas com vidros integrados com comandos elétricos accionados por sensores de pressão.

O novo Opel GT revela um habitáculo espaçoso, sistema de portas com maior ângulo de abertura, prolongamento do pára-brisas para o tejadilho e faróis dianteiros com efeito 3D (Sistema de Matriz de LED IntelliLux), que permitem circular em máximos sem encandear os restantes condutores. Entrando verdadeiramente no interior, o destaque vai para as preocupações da Opel com a conectividade, reflectindo desta forma um dos principais vetores da marca para o futuro.

Opel GT Concept (3)

RELACIONADO: Acompanha o Salão de Genebra com a Razão Automóvel

Em termos de motorizações, o Opel GT incorpora um motor 1.0 Turbo a gasolina com 145 cv de potência e 205 Nm de binário, com base no bloco utilizado no Adam, Corsa e Astra. A transmissão às rodas traseiras está a cargo de uma caixa de seis velocidades sequencial com comandos de patilhas no volante.

Se vai ser produzido? A Opel diz que não – não foi com esse propósito que a marca desenvolveu o GT Concept. No entanto, a verdade é que a marca ficou surpreendida com a recepção do público. Os planos podem sempre mudar… esperamos que sim.

Fiquem com as imagens:

Opel GT Concept (25)

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter