Nissan anuncia aumento da produção do Qashqai

Devido à elevada procura no mercado europeu, a marca nipónica anunciou que vai aumentar a produção do recordista Nissan Qashqai.

O Nissan Qashqai não só é o modelo mais vendido da marca nipónica, como é também o SUV mais vendido na Europa. Nenhum modelo de qualquer outra marca ultrapassou os dois milhões de unidades produzidas, em tão pouco tempo.

Diariamente, são produzidos 1200 modelos da segunda geração do Nissan Qashqai, o que equivale a 58 unidades por hora. Contudo, a procura do crossover continua a ser superior à oferta, apesar dos níveis recordistas de produção. Para reduzir os tempos de espera, a empresa japonesa anunciou que vai criar uma segunda linha de montagem na fábrica de Sunderland, no Reino Unido, especialmente concebida para a produção do Nissan Qashqai, o que representa um investimento de 29 milhões de euros.

A NÃO PERDER: Família Nissan GT-R reunida em Nova Iorque

Colin Lawther, Vice-presidente Sénior da Nissan do Fabrico, Aquisição e Gestão da Cadeia de Fornecimento na Europa, afirmou:

“Quando o primeiro Qashqai saiu da linha de produção em 2006, criou o segmento dos crossover. Atualmente, continua a ser a referência para os clientes europeus, graças ao seu estilo dinâmico, experiência de condução emocionante e tecnologia inovadora”.

A produção dos primeiros Nissan Qashqai na Linha 2 está agendada para antes do final de 2016, antecipando a próxima fase de desenvolvimento do Qashqai, prevista para 2017 quando o crossover pioneiro da Nissan se tornar também no primeiro Nissan na Europa a possuir a tecnologia autónoma “Piloted Drive”.

Relembramos que em menos de dez anos, o rei dos SUV’s superou o recorde do Nissan Micra, que em 18 anos de fabrico na fábrica de Sunderland, produziu 2.368.704 unidades.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter