Salão de Los Angeles 2015

Fiat 124 Spider: o italiano de olhos em bico

O Fiat 124 Spider regressa 50 anos depois. Apresentado no Salão de Los Angeles, quer seduzir os americanos com o seu design italiano.

O Fiat 124 Spider é um apelo ao revivalismo, derivado do Mazda MX-5, este roadster de tração traseira recupera o conceito do 124 Spider da década de 60. A base é a mesma do irmão gémeo japonês, sendo que grande parte das diferenças estão no design exterior, que foi integralmente redesenhado, e na motorização.

“Não há melhor maneira de comemorar os 50 anos do Fiat 124 Spider do que trazer de volta este roadster icónico, emparelhando a sua denominação italiana do passado com todo o desempenho e tecnologia de hoje”, disse Olivier François, responsável pelo marketing da FCA. “O 124 Spider expande a família Fiat, trazendo para o mercado mais um veículo head-turning e divertido de conduzir.”

O exterior surpreende-nos com as novas grelhas pronunciadas na dianteira, faróis ovais e luzes traseiras únicas, que nos relembram outros modelos atuais do grupo. O interior, esse sim é um clone do MX-5, exceptuando o logótipo da Fiat, claro.

RELACIONADO: O primeiro Mazda MX-5 é assim tão bom?

Mas, a maior diferença está escondida debaixo do capot. No lugar dos motores SKYACTIV do MX-5, o 124 Spider conta com motores MultiAir da Fiat. A versão de acesso usa o motor do 500 Abarth, um 1.4 litros turbo com 160 cv, que accionará as rodas traseiras através de uma caixa manual ou automática de seis velocidades.

O irreverente italiano de dois lugares contará com duas opções de acabamento: Classica e Lusso. Os clientes poderão escolher entre seis cores exteriores: Rosso Passione, Bianco Gelato, Nero Cinema, Grigio Argento, Grigio Moda e Bronzo Magnetico, além de uma tri-coat paint Bianco Perla, exclusiva da variante Lusso. Parece que estamos a falar de nomes de gelatos, não é? É só escolher.

Para marcar o lançamento do Fiat 124 Spider em Los Angeles, as primeiras 124 unidades serão oferecidas na edição limitada Prima Edizione Lusso, com uma pintura azul — Azzuro Italia —assentos de couro e uma placa comemorativa.

O carro chegará ao mercado norte-americano no verão de 2016, segundo informações oficiais. É de recordar que está ainda prevista uma versão Abarth, mais hardcore, equipada com o mesmo motor do Alfa Romeo 4C, um 1.75 turbo a gasolina de quatro cilindros, a debitar mais de 200 cv.

A Fiat promete-nos que, apesar da inspiração nipónica, o 124 Spider terá uma experiência de condução puramente italiana. Digam lá que não é de ficar com os olhos em bico…

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias