Escorregadio e desafiante – Arrancou o 48º RACC Rali de Espanha!

Catalunha, nordeste da península ibérica. Aqui, respira-se a cultura intensa, movida de Barcelona e o turismo da bela “Costa Dourada” move-se a velocidades incríveis. Mas, nos próximos dias, quem vai andar a uns loucos 200km/h em terra e asfalto, são os pilotos inscritos na 48ª edição do RACC.

Muita água e lama nestas primeiras etapas de um rali que promete ser um desafio do início ao fim para todos os pilotos em prova. O RACC Rali de Espanha Costa-Dourada começou com chuva muito forte o que está a dificultar bastante a vida de todos os inscritos, nesta reta final do Mundial. Loeb, como sabemos, já é campeão, mas a luta continua pelo resto da tabela!

Um rali muito especial
O primeiro dia conta com seis especiais em terra e seguido de dois dias de asfalto que prometem fazer as delícias dos milhares de espetadores que vão passar pelos troços deste rali do Mundial, que é misto desde 2010. Esta é a reta final, a última etapa de um Mundial cheio de momentos históricos – O francês Sébastien Loeb bateu o record de vitórias, somando 9 seguidas e já festeja o primeiro lugar no pódio deste que é o seu último mundial a tempo inteiro.

As primeiras vítimas
A chuva forte e as condições adversas já fizeram as primeiras “vítimas” desta edição do Rali de Espanha – Petter Solberg (Ford), Andrea Mikkelsen (Volkswagen) e o belga Thierry Neuville (Citröen) saíram hoje de prova depois de embaterem numa rocha. O piloto da Mini, Dani Sordo, que regressa à Citröen em 2013, teve problemas no seu carro depois de uma batidela. O brasileiro Daniel Oliveira, também saiu de pista e não conseguiu voltar por causa da grande quantidade de lama que ladeia os troços.

Loeb começa lento mas recupera
As primeiras etapas foram marcadas pelo tempo adverso e consequente precaução dos pilotos em dosear o entusiasmo no pé direito. A estrada bastante escorregadia e a lama atrasaram o campeão, que depois de uma espetacular prestação na Super Especial Terra Alta 1 (44.02km) onde conseguiu o primeiro lugar, garantiu a subida para o segundo lugar da geral, atrás de M. Østberg (Fiesta M-Sport).

Espera-se um Rali cheio de emoção e com especiais super-desafiantes. Aqui no RazãoAutomóvel acompanharemos esta final do Mundial e na nossa página oficial do Facebook podem consultar regularmente notícias desta 48ª Edição do RACC.

Texto: Diogo Teixeira

Os mais vistos