Williams FW14 de Mansell que «deu boleia» a Senna vai a leilão

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilões

Williams FW14 de Mansell que «deu boleia» a Senna vai a leilão

Pilotado por Nigel Mansell na temporada de 1991, este Williams FW14 esteve na coleção do piloto britânico desde então.

Um dos carros da era de ouro da escuderia britânica, o Williams FW14 foi a «arma» de Nigel Mansell na temporada de 1991 da Fórmula 1.

Aos seus comandos o piloto britânico venceu as provas disputadas em França, na Alemanha, no Reino Unido e em Espanha, conseguindo o segundo lugar no campeonato de pilotos atrás de Ayrton Senna.

E, curiosamente, foi o piloto brasileiro que ajudou a eternizar o FW14. Tudo porque quando o seu McLaren ficou sem combustível na última volta do GP do Reino Unido, Mansell deu-lhe «boleia» no seu Williams, uma imagem que ficou na história da Fórmula 1.

A NÃO PERDER: Fórmula 1. Os novos carros, as equipas e os pilotos para 2022

Símbolo de uma era

Não é só pela famosa «boleia» que o Williams FW14 é o símbolo de uma era passada da Fórmula 1. Para começar a sua decoração hoje seria proibida.

Afinal de contas, há já muitos anos que os monolugares de Fórmula 1 não se podem apresentar com os logótipos de tabaqueiras, e a decoração da Camel é tudo menos discreta.

A juntar a isto, o seu esquema de cores azul, branco e amarelo «transportam-nos» para uma era em que a Williams era uma das equipas a «bater» no plantel.

Agora, o carro que desde o final da temporada de 1991 esteve na coleção de Nigel Mansell, vai ser leiloado pela RM Sotheby’s, sendo esperado que o seu preço se fixe entre os 1,5 milhões de euros e os três milhões de euros.

Sabe responder a esta?
Em que ano surgiu o Renault Clio Williams?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Emprestaram-me um Renault Clio Williams e fui para o Estoril

Mais artigos em Notícias