Mercedes-AMG SL «sobe» aos 800 cv nas mãos da Manhart

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tuning

Mercedes-AMG SL «sobe» aos 800 cv nas mãos da Manhart

A Manhart já «deitou as mãos» ao novo Mercedes-AMG SL e deu-lhe um "boost" de 215 cv e 200 Nm. E não falta a pintura preta e dourada.

O novo Mercedes-AMG SL só foi apresentado há quatro meses, mas os alemães da Manhart já arranjaram maneira de o deixar ainda mais interessante.

A visão da empresa germânica para o novo SL dá pelo nome de Manhart SL 800 R e começa logo por se destacar graças à pintura exterior, que tal como manda a tradição, combina uma pintura negra com apontamentos em dourado.

Mas há mais. A Manhart propõe uma suspensão rebaixada e jantes de assinatura própria, ao mesmo tempo que esclarece que o exterior e o interior contam com mais possibilidades de personalização, ainda que não as discrimine.

A NÃO PERDER: Testámos a Mercedes-AMG E 53 4MATIC+ Station. O V8 da E 63 é mesmo necessário?
Manhart SL 800 R
Não podia faltar a tradicional pintura em preto e dourado, certo?

Mas se o desenho deixa pouco espaço para mudanças, até porque este é, muito provavelmente, o SL mais agressivo de sempre, a mecânica tem muito mais potencial do que aquela que a Mercedes-AMG nos mostrou.

Pelo menos é essa a opinião da Manhart, que deixou o novo SL com 800 cv de potência (sim, é daqui que vem o nome 800 R) e 1000 Nm de binário máximo.

Para conseguir atingir estes números a «casa» de tuning alemã manteve o motor V8 biturbo de 4.0 litros do SL — na versão mais potente produz 585 cv e 800 Nm — mas deu-lhe novos turbos, um novo intercooler e uma admissão em fibra de carbono.

Mercedes-AMG SL
A Manhart promete explorar todo o potencial do motor V8 biturbo de 4.0 litros que equipa o novo Mercedes-AMG SL.

E mesmo que a Manhart não o diga, para conseguir este aumento de 215 cv e 200 Nm é provável que os engenheiros da empresa germânica também tenham deitado as mãos à Unidade de Controlo do Motor.

LEIAM TAMBÉM: Diesel Power! Manhart «arrancou» 405 cv ao BMW 740d xDrive

A Manhart não especificou os registos que este SL 800 R é capaz de alcançar, mas é seguro afirmar que fará melhor do que o mais potente dos SL, o SL 63 4MATIC+, à saída de fábrica: 0 aos 100 km/h em 3,6s e 315 km/h de velocidade máxima.

Quando chega?

Para já, a Manhart fez apenas uma declaração de intenções, mostrando a sua visão para este novo modelo da «casa» de Affalterbach.

Contudo, ainda não revelou quantas unidades deste SL 800 R vai produzir nem quando vão começar a ser feitas. Escusado será dizer que o preço também ainda não foi divulgado.

Sabe responder a esta?
Em que ano chegou ao mercado o Mercedes-Benz Classe S W140?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

V12 não basta. Havia planos para um Classe S W140 com um colossal W18

Mais artigos em Notícias