Mercedes-AMG GLE 53 e 63. Fotos-espia antecipam os GLE mais potentes

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Mercedes-AMG GLE 53 e 63. Fotos-espia antecipam os GLE mais potentes

Depois da versão «normal» foi a vez dos Mercedes-AMG GLE 53 e 63, serem «apanhados» num conjunto de fotos-espia.

Sempre que um modelo da marca da estrela é renovado, as variantes AMG «seguem-lhe o exemplo» e o Mercedes-AMG GLE não é exceção, com as versões 53 e 63 a surgirem neste conjunto de fotos-espia.

Começando pelo «todo-poderoso» GLE 63, a presença de camuflagem apenas na zona das óticas dianteiras e traseiras indicam que só por lá deverão surgir novidades, e nem o para-choques deverá mudar em relação ao modelo que já conhecemos. Quanto ao interior, com exceção do volante, deverá tudo manter-se na mesma.

Por fim, no que respeita à mecânica não são de esperar também novidades. Assim sendo, o GLE 63 deverá continuar a recorrer ao trovejante 4.0 V8 biturbo capaz de debitar vigorosos 612 cv de potência.

A NÃO PERDER: Testámos a Mercedes-AMG E 53 4MATIC+ Station. O V8 da E 63 é mesmo necessário?

Mercedes-AMG GLE 53 muda mais?

Além do «todo-poderoso» GLE 63 podemos também ver em testes o Mercedes-AMG GLE 53, cuja versão atual testámos há pouco tempo.

Curiosamente, o protótipo de testes do revisto Mercedes-AMG GLE 53 apresenta-se com um pouco mais de camuflagem.

Ora, isto pode significar uma de duas coisas: ou este protótipo incorpora soluções que também vão chegar ao GLE 63 ou então a Mercedes-AMG reservou para o GLE 53 modificações mais substanciais.

A camuflagem concentra-se no para-choques dianteiro, sendo possível observar um desenho diferente do que conhecemos do atual. Já os faróis dianteiros e traseiros continuam envoltos em camuflagem, tal como acontecia nos protótipos do GLE 63.

Por fim, no que à mecânica diz respeito o SUV germânico, tal como o 63, o GLE 53 não deverá conhecer novidades, mantendo-se «fiel» ao 3.0 l biturbo de seis cilindros em linha — que é uma mecânica ainda relativamente recente — que está associado a um sistema mild-hybrid de 48 V e debita 435 cv de potência.

LEIAM TAMBÉM: Mercedes-AMG SL (R 232). Tudo sobre o novo roadster de Affalterbach

Ainda sem uma data oficial para o seu lançamento, as duas versões mais desportivas do GLE deverão «ver a luz do dia» no decorrer deste ano.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias