Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Protótipo

Ainda se lembram do Mazda Ibuki, o “pai” do MX-5 NC?

O protótipo Ibuki antecipou a terceira geração do Mazda MX-5, a NC, e não deixou ninguém indiferente quando foi revelado.

Foi em 2003, no Salão Automóvel de Tóquio, no Japão, que a Mazda apresentou ao mundo o Ibuki, um protótipo de inspiração retro que apontava o caminho — em termos de estilo — para a terceira geração do MX-5, a NC, que chegou ao mercado dois anos mais tarde.

Com apenas 3,64 metros de comprimento, 1,72 metros de largura e 1,23 metros de altura, este pequeno concept não só era 38 cm mais curto que o MX-5 NB como era mais estreito e mais curto.

Por tudo isto, este protótipo não deixou ninguém indiferente e agora, passados 18 anos, continua a não deixar.

A NÃO PERDER: Estará a Mazda está a desenvolver um novo coupé?
Mazda Ibuki

Segundo o fabricante nipónico, o Ibuki foi desenvolvido para “criar uma conexão visual entre o passado, o presente e o futuro do MX-5”.

Do ponto de vista estético, o Ibuki destacava-se por contar com uma dianteira e com uma traseira inspiradas no MX-5 original, o NA. As formas mais sinuosas e os faróis ovais são exemplos disso mesmo.

Mazda Ibuki

Contudo, este protótipo também se destacava por equipar umas jantes em magnésio de 18”, uma saída de escape dupla ao centro e claro, por apresentar um interior — para dois ocupantes — em tons creme.

LEIAM TAMBÉM: Neste dia, o Mazda MX-5 foi o melhor carro do mundo…

Mas era ao nível da mecânica que este concept mais surpreendia, uma vez que contava com uma mecânica híbrida. Sim, isso mesmo, a “animar” este Ibuki estava um motor a gasolina de 1,6 litros e quatro cilindros que contava com o auxílio de um motor elétrico que ajudava nas acelerações e neutralizava as vibrações do motor.

No total este sistema híbrido produzia 180 cv de potência e 180 Nm de binário máximo, números que eram enviados em exclusivo às rodas traseiras  através de uma caixa manual de seis velocidades.

Mazda Ibuki

Outro dos destaques eram os painéis de carroçaria, que eram construídos a partir de plástico reforçado com fibra de carbono, o que permitiu manter o peso total do conjunto “controlado”.

Sabe responder a esta?
Em que ano surgiu a última geração do Mazda RX-7?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O Mazda RX-7 faz 40 anos e ainda ansiamos pelo seu regresso

Mais artigos em Clássicos