Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Os novos “recrutas” da SEAT S.A. têm mais de 2,5 metros de altura e pesam 3 toneladas

A fábrica da SEAT S.A. recebeu dois reforços de peso: dois robôs com três toneladas e mais de 2,5 m de altura que são os maiores da história da fábrica.

Capaz de produzir um carro a cada 30 segundos, a fábrica da SEAT S.A. em Martorell tem dois novos pontos de interesse: dois robôs de 3,0 t e mais de 2,5 m de altura que se vêm juntar aos mais de 2200 que já operam na linha de montagem daquela fábrica.

Com uma capacidade de carga útil de 400 kg, estes permitem não só simplificar parte do processo de montagem do automóvel como reduzir o espaço ocupado pela linha de montagem.

Acerca destes, Miguel Pozanco, responsável de Robótica da SEAT S.A. afirmou: “Para poder transportar e montar as peças mais volumosas do automóvel e garantir que a sua estrutura não fosse afetada, tivemos que usar um robô maior”.

A NÃO PERDER: Primeiro teste ao SEAT Arona 2021 em vídeo. As novidades são suficientes?

Há robôs “mais fortes” em Martorell

Apesar de a sua capacidade de carga de 400 kg ser impressionante e de serem capazes de montar três dos componentes mais pesados dos veículos, “os que compõem a lateral do carro”, estes não são os robôs com maior capacidade de carga em Martorell, havendo robôs no inventário da SEAT S.A. que são capazes de transportar até 700 kg.

A menor capacidade de carga destes gigantes é justificada pelo seu maior alcance, como nos explica Miguel Pozanco: “Existe uma relação entre o peso que um robô pode carregar e o seu alcance. Segurar um balde de água com o braço junto ao corpo não é o mesmo que segurá-lo com o braço estendido. Este gigante pode carregar 400 quilos a quase 4,0 m do seu eixo central”.

Capazes de realizar duas operações ao mesmo tempo, aumentando assim a qualidade das peças, estes robôs podem unir as três partes laterais e transferi-las para a área de soldagem sem que nenhum outro robô tenha que lidar com estas componentes novamente.

Além de tudo isto, os dois novos “gigantes de Martorell” contam com um software que permite a monitorização remota de todos os seus dados de funcionamento (consumo dos motores, temperatura, binário e aceleração), facilitando assim a deteção de possíveis imprevistos e a realização de manutenções preventivas.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro automóvel da SEAT?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

SEAT 1400. Este foi o primeiro automóvel da marca espanhola

Mais artigos em Notícias