Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Guarda Nacional Republicana

Afinal porque parou o Nissan GT-R da GNR?

O Nissan GT-R da GNR, destinado à missão de transporte de órgãos, não está operacional. A GNR, em declarações à Razão Automóvel, explica porquê.

Protagonista de um dos vídeos mais vistos do nosso canal de YouTube e de uma das mais nobres missões da Guarda Nacional Republicana (o transporte urgente de órgãos), o Nissan GT-R (R35) da GNR voltou a ser falado, mas desta vez não foi pelas melhores razões.

Ao que parece, o desportivo japonês estará inoperacional e a aguardar reparação numa oficina da Grande Lisboa. Mas afinal o que se passa com o GT-R que vos demos a conhecer bem de perto há uns meses?

Entrámos em contacto como Departamento de Comunicação da Guarda Nacional Republicana que nos ajudou a dissipar algumas das dúvidas acerca da utilização (e estado) de um dos veículos mais mediáticos das nossas forças de segurança.

A NÃO PERDER: Novo Nissan Qashqai (2021). Vai liderar o segmento?

Danos confirmados, operações asseguradas

A resposta à nossa primeira pergunta — se o Nissan GT-R estava “operacional” — foi, como já esperávamos, negativa. Segundo a GNR nos informou, a viatura encontra-se em reparação. Mas porquê?

O Departamento de Comunicação da GNR, explicou que foram detetados danos na parte inferior do chassis. Com o objetivo de assegurar a segurança dos militares que a utilizam e dos restantes utilizadores das vias onde esta circula, foi decidido parar temporariamente o uso do GT-R para que este pudesse regressar “em forma” às suas funções.

Apesar de não nos ter revelado que modelos, em específico, estão a cumprir as funções originalmente destinadas ao Nissan GT-R, a GNR fez questão de sublinhar que esta paragem não colocou em causa a missão de transporte de órgãos.

Em 2021, a GNR já efetuou 156 transportes de órgãos, tendo percorrido 43 579 quilómetros e contado com o apoio de 313 militares para o efeito.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Nissan Sunny GTi-R?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mais uma fornada de “hot hatch” para todos os gostos

Mais artigos em Notícias