Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Venda

Targa ou cabrio. O VW Polo Treser GT é o mais exclusivo dos Polo

Criado pela preparadora alemã Treser, o Volkswagen Polo Treser GT era um autêntico 2 em 1. Com apenas 290 unidades produzidas, esta encontra-se à venda.

Lançada em 1981 e profundamente revista em 1990, a segunda geração do Volkswagen Polo é, maioritariamente, lembrada pela famosa versão G40 que tanta tinta já fez escorrer. Contudo esta não é a versão mais exclusiva do utilitário alemão, estando essa “honra” reservada para o transformado Volkswagen Polo Treser GT.

Desenvolvido pela preparadora alemã Treser, o Polo Treser GT era um autêntico “dois em um”.

Baseado no modesto Polo GT coupé com 75 cv, o modelo criado pelo empresa fundada por Walter Treser — o homem que batizou o Audi Quattro e ajudou a desenvolvê-lo — o Polo Treser GT tanto podia ser um descapotável como um targa.

A NÃO PERDER: Grupo Volkswagen. Nova fábrica de baterias vai para Espanha e não para Portugal
Volkswagen Polo Treser GT
Visto de frente o Polo Treser GT esconde bem as diferenças face aos restantes Volkswagen Polo GT. Ali à esquerda a “espreitar” está outra das transformações de Walter Treser, esta baseada no Audi Quattro. Garage 11

Para o transformar num descapotável retirava-se não só a capota como os pilares B e o vidro traseiro. Já se quiséssemos um targa podíamos manter os peculiares pilares e optar apenas por guardar o pequeno teto. O resultado final era bastante interessante e, verdade seja dita, dificilmente alguém diria que se tratava de uma transformação.

O preço da distinção

Apesar de a conversão do Volkswagen Polo em descapotável/targa também se poder basear na versão de 55 cv do utilitário alemão, poucos foram os clientes que optaram por essa motorização.

Fosse qual fosse a escolha, uma coisa era certa, a garantia de fábrica mantinha-se (um atestado da confiança da Volkswagen na preparadora, dado a ligação de Treser à Audi).

No total foram produzidos 290 Polo GT Treser com o custo da transformação a ascender, à época, até aos 16 mil marcos alemães (cerca de 8000 euros). A estes somavam-se ainda os cerca de 21 mil marcos alemães (cerca de 10 mil euros) que custava o Polo GT.

Para terem uma ideia do custo elevado da conversão, quando em 1996 foi lançada a primeira geração do Mercedes-Benz SLK, esta ficava-se pelos 46 mil marcos (23 mil euros)!

Tendo estes valores em conta (e também a raridade do modelo em questão), os 11 900 euros pedidos pelo dono — o especialista em clássicos Jens Seltrecht da Garage 11 de Hamburgo — da unidade que aqui vos mostramos até parecem “simpáticos”.

Volkswagen Polo Treser GT
No interior as diferenças eram de pormenor. Garage 11

Produzida em 1993, esta unidade percorreu cerca de 92 mil quilómetros e além de se apresentar num estado imaculado até conta com as jantes originais.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Volkswagen Lupo GTI?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Volkswagen Lupo GTI
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Lembras-te deste? Volkswagen Lupo GTI

Mais artigos em Notícias