Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Grupo Volkswagen. Nova fábrica de baterias vai para Espanha e não para Portugal

Portugal estava na corrida para receber uma das seis fábricas de baterias do Grupo Volkswagen, mas já foi anunciada a decisão de que será a Espanha a recebê-la.

O Grupo Volkswagen acaba de confirmar que a terceira fábrica de baterias que vai construir na Europa (de um total de seis) será localizada em Espanha, colocando assim termo às “esperanças” portuguesas de poder vir a acolher esta gigafábrica.

Recorde-se que há cerca de quatro meses, durante o seu primeiro Power Day, o Grupo Volkswagen tinha anunciado planos para a abertura de seis fábricas de baterias para veículos elétricos na Europa até 2030 e que uma delas ia estabelecer-se na parte ocidental da Europa, ou seja, ou em Portugal, Espanha ou França.

Mas agora, durante o anúncio do novo plano estratégico “New Auto”, o Grupo Volkswagen confirmou que a terceira fábrica de baterias europeia vai instalar-se em Espanha, país que o grupo germânico aponta como “um pilar estratégico da sua campanha elétrica”.

A NÃO PERDER: New Auto. O plano do Grupo VW para se transformar numa “empresa de mobilidade baseada em software”
grupo vw new auto fabrica baterias

Quando estiverem concluídas, estas seis gigafábricas terão uma capacidade total de produção de 240 GWh. A primeira será localizada em Skellefteå, na Suécia, e a segunda em Salzgitter, na Alemanha. Esta última, localizada perto de Wolfsburgo, está em construção. Já a primeira, no norte da Europa, já existe e será atualizada para aumentar a sua capacidade.

Quanto à terceira, que será montada em Espanha, pode vir a receber, já em 2025, toda a produção da família Small BEV (veículos elétricos compactos) do grupo.

Espanha pode tornar-se um pilar estratégico da nossa estratégia elétrica. Estamos prontos para estabelecer toda a cadeia de valor da mobilidade elétrica no país, incluindo a produção de veículos elétricos, bem como os seus componentes e uma nova fábrica de baterias do Grupo. Dependendo do contexto geral e do apoio do setor público, a partir de 2025 a família Small BEV poderá ser fabricada em Espanha.

Herbert Diess, diretor executivo do Grupo Volkswagen
LEIAM TAMBÉM: Baterias em estado sólido chegam em 2025. O que podemos esperar?

Para isso, o Grupo Volkswagen e a SEAT S.A. “estão dispostos a cooperar com o Governo espanhol para transformar o país num polo líder de mobilidade elétrica e, por conseguinte, candidatar-se-ão a participar no Projeto Estratégico de Recuperação e Transformação Económica (PERTE)”.

SEAT_Martorell
Complexo da SEAT em Martorell, Espanha

O nosso objetivo é cooperar com o governo para transformar o país num polo europeu de mobilidade elétrica e a fábrica SEAT S.A. em Martorell numa fábrica de veículos 100% elétricos. A Península Ibérica é a chave para alcançar uma mobilidade neutra do ponto de vista climático na Europa até 2050.

Wayne Griffiths, diretor executivo da SEAT e da CUPRA
Wayne Griffiths
Wayne Griffiths, diretor executivo da SEAT e da CUPRA

Recorde-se que no passado mês de março, na apresentação anual de resultados, a SEAT S.A. apresentou um plano ambicioso, denominado Future: Fast Forward, com o objetivo de liderar a eletrificação da indústria automóvel em Espanha, através da produção de veículos elétricos urbanos no país a partir de 2025.

A NÃO PERDER: SEAT vai lançar carro elétrico em 2025 por menos de 25 000 euros

Para isso, a SEAT S.A. quer lançar no mercado um automóvel elétrico urbano em 2025 que seja capaz de tornar a mobilidade sustentável acessível à população de forma massiva, sendo que para isso terá um “preço final de cerca de 20-25 000 euros”.

Mais artigos em Notícias