Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Combustíveis

No Campeonato Europeu dos combustíveis Portugal segue em frente

No final desta semana Portugal pode ser "coroado" com o "título" de segundo país com a gasolina simples 95 mais cara da União Europeia.

A derrota (por 1-0) diante da Bélgica ditou a saída da Seleção de Portugal do Europeu de Futebol de 2020, mas no Campeonato Europeu dos combustíveis, a “forma” de Portugal continua a deixar-nos ombrear pelos lugares cimeiros.

De acordo com a mais recente edição do Boletim Semanal de combustíveis da Comissão Europeia, Portugal tem a 4ª gasolina mais cara da União Europeia (UE).

Durante a última semana, o preço médio da gasolina 95 em Portugal foi de 1,63 euros/litro, um número que só foi superado pelos Países Baixos (1,80 €/litro), Dinamarca (1,65 €/litro) e Finlândia (1,64 €/litro).

A NÃO PERDER: Combustíveis sintéticos. Estudo diz emitirem 3 a 4 vezes mais CO2 que os fósseis
Gasolina

Se virarmos a agulha para o gasóleo, a história tem contornos semelhantes, com Portugal a afirmar-se como o sexto país da União Europeia com o gasóleo mais caro, depois de ter “fechado” a última semana com um preço médio de 1,43 euros/litro.

Pior só mesmo a Suécia (1,62 €/litro), a Bélgica (1,50 €/litro), a Finlândia (1,47 €/litro), a Itália (1,47 €/litro) e os Países Baixos (1,45 €/litro).

Os números não mentem e por comparação com os países que surgem à nossa frente, Portugal é claramente o país que exibe uma economia mais frágil.

E como se isso não fosse suficientemente preocupante, já esta semana devemos galgar mais alguns lugares nestes rankings, uma vez que os combustíveis vão registar uma subida pela quinta semana consecutiva.

De acordo com os cálculos do Negócios, a semana que agora começa verá os preços dos combustíveis em Portugal subir para máximos de 2013. No caso da gasolina simples 95, a subida será de 2 cêntimos por litro, com cada litro deste ativo a passar a custar 1,651 euros. Já o gasóleo vai registar uma subida de 1 cêntimo por litro para um total de 1,44 euros.

LEIAM TAMBÉM: Portugal. Combustíveis carregados de impostos entre os mais caros da Europa
seta indicador combustível

Contas feitas, e a avaliar por esta subida, no próximo Boletim Semanal de combustíveis da Comissão Europeia Portugal deverá ver reforçada a sua posição entre os países com os combustíveis mais caros da União Europeia.

Fazendo um exercício rápido de comparação com os números da última semana, depois do aumento desta semana Portugal mantinha a posição (6ª) no ranking do preço do gasóleo mas subia ao segundo lugar na lista do preço médio da gasolina, só atrás dos Países Baixos.

Carga fiscal entre as mais elevadas da UE

O Brent, que serve de referência para Portugal, está acima dos 75 dólares por barril, o que representa um máximo desde 2018. Mas esta não é a única razão que explica o preço elevado dos combustíveis no nosso país. A carga fiscal sobre os combustíveis está entre as mais elevadas da União Europeia e tem um forte impacto no preço que todos pagamos quando vamos atestar os nossos automóveis.

Se tivermos em conta o preço médio da gasolina 95 na última semana (1,63 €/ litro) e de acordo com a mais recente edição do Boletim Semanal de combustíveis da Comissão Europeia, o Estado português fica com 60% do valor em impostos e taxas. Apenas os Países Baixos, a Finlândia, a Grécia e a Itália taxam mais os combustíveis que Portugal.

Vamos a exemplos…

Para darmos algum “corpo” a estes números, vejamos o seguinte exemplo: na semana passada, quem abasteceu o automóvel com 45 litros de gasolina simples de 95 octanas pagou em média 73,35 euros. Desse valor, 43,65 euros foram arrecadados pelo Estado através de impostos e taxas.

A NÃO PERDER: Hidrogénio como combustível? Toyota vai testá-lo no 3 cilindros do GR Yaris

Quem abasteceu em Espanha, por exemplo, a um preço de 1,37 €/litro, pagou 61,65 euros, dos quais apenas 31,95 euros representam impostos e taxas do Estado.

Para onde vamos?

A próxima reunião — esta quinta-feira — da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) poderá ditar o rumo do preço dos combustíveis durante as próximas semanas, mas os especialistas afirmam que os preços ainda têm margem para crescer, antes de nova descida.

Em Portugal, só em 2021, atestar um carro com motor a gasolina já ficou 17% mais caro, o que representa 23 cêntimos a mais por cada litro. No caso do gasóleo simples, a subida desde janeiro deste ano já é de 14%.

LEIAM TAMBÉM: Abasteci o depósito com o combustível errado! E agora?

São números alarmantes e que nas últimas semanas foram passando despercebidos entre os golos que Cristiano Ronaldo e companhia foram fazendo no Euro 2020. Mas agora que a Seleção de Portugal veio para casa, os golos, as exibições e as vitórias de Portugal no Campeonato Europeu dos combustíveis, podem não ser recebidos com o mesmo entusiasmo.

Mais artigos em Crónicas