Mundial de Resistência

Toyota GR010 Hybrid está pronto para a estreia em Spa-Francorchamps

Depois de um intenso período de testes de pré-temporada o novo Toyota GR010 Hybrid está cada vez mais perto da estreia em corrida.

A Toyota Gazoo Racing vai estrear no próximo dia 1 de maio o seu hipercarro GR010 Hybrid nas 6 horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica, a primeira prova do Mundial de Resistência de 2021 da FIA, o WEC, que tem nas 24 Horas de Le Mans a corrida mais emblemática.

Depois de um intenso programa de testes pré-época que passou por Portugal, mais precisamente pelo Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, o novo GR010 Hybrid está cada vez mais perto da estreia em corrida.

Os objetivos para a temporada são simples: a Toyota quer defender os títulos mundiais e ganhar pela quarta vez consecutiva as míticas 24 Horas de Le Mans. Para isso, a fabricante nipónica vai valer-se deste novo hipercarro e da sua equipa de pilotos, que se manteve inalterada.

A NÃO PERDER: Com a «faca nos dentes» ao volante do Toyota GR Yaris
Toyota GR010 Hybrid
Esta imagem não engana, o novo GR010 Hybrid foi posto à prova no “nosso” circuito de Portimão.

Pela quarta temporada, os campeões mundiais Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López vão manter-se ao volante do GR010 Hybrid com o número 7, ao passo que Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley, vencedores das 24 Horas de Le Mans do ano passado, vão partilhar os comandos do GR010 Hybrid #8.

A preparação para a temporada só vai ficar concluída nos dias 26 e 27 de abril, altura em que se realiza um Prólogo no lendário circuito belga, antes da corrida de 6 horas no fim-de-semana seguinte. E esta será a primeira vez que o GR010 Hybrid estará em pista com os principais rivais, da Scuderia Cameron Glickenhaus e da Alpine.

O que mudou?

Destinado a correr na nova categoria “Le Mans Hypercar” (LMH), o Toyota GR010 Hybrid conta com um sistema híbrido que combina um motor-gerador elétrico na dianteira (desenvolvido pela AISIN AW e pela DESNSO) e um bloco V6 de 3.5 litros, para uma potência máxima combinada de 690 cv, sem restrições no uso de combustível.

Já explicámos, de forma mais detalhada, o funcionamento do sistema híbrido do GR010 Hybrid, que podem ler (ou reler) no artigo relacionado (abaixo):

RELACIONADO: GR010 Hybrid. Este é a máquina com que a Toyota vai “atacar” Le Mans

Importa recordar que o antecessor deste modelo, o TS050 Hybrid de LMP1, pesava menos 162 kg e debitava 1000 cv de potência, ainda que as restrições de combustível por volta limitassem, de forma efetiva, as velocidades máximas.

WEC_2021 Toyota GR010
Toyota também testou o novo GR010 Hybrid em França, no circuito de Paul Ricard.

Para o início da temporada, em Spa-Francorchamps, as ambições são muitas, ou não fosse este um circuito onde a Toyota Gazoo Racing tem conseguido excelentes resultados nos últimos anos: desde a primeira corrida no WEC em 2013 já soma cinco vitórias neste traçado.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Mazda 323 GT-R?

Mais artigos em Notícias