Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tuning

Os 612 cv do GLS 63 sabem a pouco? A Wheelsandmore tem a solução

Com 612 cv, o Mercedes-AMG GLS 63 já era uma das formas mais rápidas de transportar sete pessoas. Agora, cortesia da Wheelsandmore, é ainda mais rápido.

Com um V8 com 4.0 l biturbo que debita 612 cv e 850 Nm, o Mercedes-AMG GLS 63 4MATIC+ é a prova de que um SUV tamanho XL pode ser sinónimo de veículo de elevada performance.

No entanto, ao que parece, há quem ache que estes números não são suficientes. E, para todos os que assim pensam, a Wheelsandmore decidiu criar não um, não dois, nem três mas quatro kits de potência.

Além do aumento de potência, a empresa de tuning ofereceu ao SUV alemão umas jantes específicas de 24” com pneus 295/30 e 335/30.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG E 63 S Station (612 cv). Uma das carrinhas MAIS POTENTES do mundo (vídeo)
Mercedes-AMG GLS 63

Os números da transformação

O primeiro, designado “Stage 1”, envolve ou a instalação de um módulo tuning ou uma revisão do software. No primeiro caso passamos a contar com 720 cv e 1000 Nm enquanto no segundo os valores são mais modestos: 710 cv e 950 Nm.

kit “Stage 2” inclui catalisadores desportivos e turbos de maiores dimensões, tudo para subir a potência para os 811 cv e o binário para os 1040 Nm, aumentando a velocidade máxima para 320 km/h.

Se estes números ainda assim “souberem a pouco”, o kit “Stage 3” inclui novos turbos com válvulas de escape reforçadas que permite ao V8 com 4.0 l debitar 872 cv e 1150 Nm.

Mercedes-AMG GLS 63
A NÃO PERDER: O dia em que testei o carro de produção mais rápido no Nürburgring

Por fim, no kit “Stage 4” os turbos modificados, bombas de combustíveis de alta performance e um novo software permitiram alcançar uns impressionantes 933 cv e 1150 Nm.

Segundo a Wheelsandmore, este é o valor mais elevado que foi possível retirar do V8 sem proceder a transformações como o aumento da cilindrada ou a instalação de peças forjadas.

E quanto custa tudo isto?

A forma mais acessível de melhorar o Mercedes-AMG GLS 63 4MATIC+, o kit “Stage 1” na modalidade de revisão do software, custa 2577 euros. Já optando pelo “Stage 1” mas com o módulo tuning o preço sobe para 3282 euros.

O kit “Stage 2″ custa 17 240 euros, o “Stage 3” custa 31 895 euros e o “Stage 4” ascende aos 43 102 euros.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência do Mercedes-AMG A 35?

Mais artigos em Notícias