Apresentação

SF90 Spider. Os números do descapotável mais potente de sempre da Ferrari

Com 1000 cv de potência, o Ferrari SF90 Spider sucede ao Ferrari 812 GTS como o descapotável da marca de Maranello mais potente de sempre.

Revelado pouco mais de um ano depois do SF90 Stradale, o Ferrari SF90 Spider chega para arrebatar o título do descapotável da Ferrari mais potente de sempre.

Isto é conseguido graças ao facto de o novo SF90 Spider partilhar com o seu irmão com capota a mecânica híbrida que o anima e que faz dele o Ferrari de estrada mais potente de sempre.

Desta forma, ao V8 twin turbo (F154) com 4.0 l, 780 cv às 7500 rpm e 800 Nm às 6000 rpm juntam-se três motores elétricos — um posicionado na traseira entre o motor e a caixa de velocidades e dois no eixo dianteiro — que debitam 220 cv de potência.

VÊ TAMBÉM: GTO Engineering Moderna. Como “re-imaginar” o mítico Ferrari 250 GTO
Ferrrari SF90 Spider

O resultado final são 1000 cv e 900 Nm, valores que são enviados às quatro rodas por intermédio de uma caixa automática de dupla embraiagem com oito relações.

Mais pesado mas tão rápido como o SF90 Stradale

Como seria de esperar, o processo de transformar o Ferrari SF90 Stradale no SF90 Spider trouxe um acréscimo de peso ao segundo.

Apesar dos necessários reforços estruturais e do mecanismo da capota, o Ferrari SF90 Spider pesa apenas mais 100 kg (1670 kg), razão pela qual a Ferrari afirma que é tão rápido como a versão com tejadilho rígido.

Ferrrari SF90 Spider

Quer isto dizer que os 100 km/h chegam à mesma em 2,5s, os 200 km/h em 7s e a velocidade máxima é de 340 km/h.

VÊ TAMBÉM: Teremos uma Ferrari totalmente elétrica? Louis Camilleri, CEO da marca, não acredita que vá acontecer

Mais diferente do que parece

Ao contrário do que possas pensar, o Ferrari SF90 Spider é um pouco mais do que simplesmente uma versão sem tejadilho do SF90 Stradale.

Segundo a Ferrari, o habitáculo foi ligeiramente movido para a frente para criar espaço para o mecanismo da capota, a linha de tejadilho desceu 20 mm e o para-brisas tem uma maior inclinação.

Ferrrari SF90 Spider

Por falar na capota, graças ao facto de ser produzida em alumínio, esta permitiu poupar 40 kg e pode abrir ou fechar em apenas 14s, ocupando, segundo a Ferrari, menos 50 litros de espaço que um sistema convencional.

Quanto ao interior, este praticamente manteve-se igual ao do SF90 Stradale, sendo a exceção a adoção de alguns elementos destinados a canalizar o ar no habitáculo, algo especialmente necessário quando temos em conta que o vidro traseiro pode ser aberto.

Ferrrari SF90 Spider

Quando chega?

Com o arranque das encomendas previsto para o segundo trimestre de 2021, o Ferrari SF90 Spider deverá estar disponível, em Itália, a partir de 473 mil euros.

Opcionalmente vai ser possível encomendá-lo com o pack Assetto Fiorano, que inclui amortecedores Multimatic, uma redução de peso de 21kg e pneus Michelin Pilot Sport Cup 2.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Ferrari F40?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Duelo de gerações: Ferrari F40 enfrenta McLaren P1

Mais artigos em Notícias