Patente

Conduzir com volante à esquerda ou à direita? Porque não nos dois, como mostra a patente da Volvo

De acordo com uma patente da Volvo registada nos EUA, a marca sueca propõe um volante que pode deslizar para os lados.

Numa altura em que muitas marcas estão focadas nos desafios inerentes à eletrificação e à condução autónoma, uma patente da Volvo recentemente divulgada parece solucionar o “problema” de armazenar o volante enquanto o carro se conduz a ele próprio.

Apesar de ter dado entrada no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos da América no início de 2019, a patente só se tornou conhecida no final de setembro e apresenta-nos a visão da Volvo para os “volantes do futuro”.

De acordo com os desenhos da patente da Volvo o plano passa por criar um volante que desliza para a direita e para a esquerda, podendo até ser colocado na zona central do tabliê, como no icónico McLaren F1.

VÊ TAMBÉM: O Último dos… Volvo com um motor V8

Neste sistema, o volante “desliza” através de uma calha e transmite os inputs do condutor através de um sistema by-wire, ou seja, sem existir uma ligação física às rodas.

Para carros autónomos mas não só

A ideia por trás desta patente da Volvo será, em princípio, criar um sistema que permita (sem grandes custos) fazer o volante “desaparecer” da frente do condutor quando o carro circula em modo autónomo. Uma solução que será, muito provavelmente, mais económica que os volantes retráteis presentes na maioria dos protótipos.

No entanto, esta solução tem outra mais valia. Ao permitir ao volante andar da direita para a esquerda permitirá uma considerável redução de custos de produção, fazendo com que um carro possa ser vendido em países onde se circula à direita ou à esquerda sem qualquer alteração. Posto isto, não nos admiraríamos se esta tecnologia chegasse a modelos “convencionais”.

VÊ TAMBÉM: Volvo P1800 Cyan. Reimaginar o coupé sueco com menos de 1000 kg e mais de 400 cv

E os pedais e o painel de instrumentos?

Quanto ao painel de instrumentos, a Volvo apresenta duas soluções: a primeira é um display que “viaja” com o volante; a segunda passa pela integração de um ecrã digital ao longo de todo o tabliê que depois transmite os dados relativos à condução por trás do volante.

Já os pedais funcionariam, tal como a direção, através de um sistema by-wire, mas o mais interessante passa mesmo pela solução que a Volvo encontrou para ter pedais do lado direito e do lado esquerdo do carro.

Ao que parece, a ideia apresentada na patente da Volvo passa por trocar os pedais por “almofadas sensitivas ao toque” acionadas hidráulica ou pneumaticamente. Colocadas no piso, estas apenas responderão à pressão após sensores detetarem que estas estão alinhadas com o volante.

Verá a luz do dia?

Apesar de o sistema apresentado na patente da Volvo permitir uma considerável redução de custos e de até possibilitar um melhor aproveitamento do espaço interior, este poderá “esbarrar” nas sempre rígidas normas de segurança, principalmente pelo facto de a direção recorrer a um sistema by-wire.

Já em 2014 a Infiniti apresentou uma solução idêntica para o Q50 e apesar do sistema não precisar de uma coluna de direção física, a verdade é que se viu obrigada a instalar uma (quando em funcionamento a coluna de direção é automaticamente desacoplada), devido, sobretudo, aos regulamentos existentes, além de servir como ressalva de segurança.

Infiniti Q50
O Infiniti Q50 já conta com um sistema de direção by-wire.
VÊ TAMBÉM: Volvo Car Portugal adere ao Pacto de Mobilidade Empresarial para Lisboa

Uma ressalva que foi validada quando em 2016 a marca japonesa foi obrigada a efetuar um recall para corrigir o sistema de direção by-wire que, por vezes, não funcionava na perfeição logo após se ligar o carro.

Será que com a cada vez mais próxima chegada dos carros autónomos e a constante evolução tecnológica a Volvo conseguirá ver este sistema ser aprovado sem reticências por parte dos legisladores? Apenas o tempo nos dirá.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Volvo 480?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te do Volvo 440? Comemora 30 anos de existência!

Mais artigos em Notícias