Desde 25 981 euros

Ford Focus ST-Line 1.0 Ecoboost (155cv). Compensa comprar o mais potente?

São 1200 euros que separam este Ford Focus ST-Line X 1.0 Ecoboost com 155 cv de potência da versão equivalente com 125 cv. Vale a pena o esforço?

Cinco dias ao volante do Ford Focus ST-Line. Um dos melhores chassis do segmento junta-se a um dos motores mais galardoados de sempre. É impossível errar quando este binómio se junta, Ford Focus e motor Ecoboost — seja nas versões de acesso (Titanium) ou nas versões mais equipadas (Vignale e ST-Line X).

Dito isto, foi com expectativa que experimentei este Ford Focus ST-Line 1.0 Ecoboost, agora com 155 cv. São mais 1200 euros por mais 30 cv de potência, será que vale a pena?

Os motores não se medem aos palmos

Se ainda tem sentimentos mistos relativamente aos motores de três cilindros modernos, talvez valha a pena ler este artigo da Razão Automóvel.

Graças à associação de um pequeno motor elétrico (gerador/alternador), as versões Hybrid do Focus ganham 16 cv e 50 Nm de binário máximo suplementares. © Diogo Teixeira / Razão Automóvel
RELACIONADO: A carrinha para esquecer os SUV. Ford Focus Active SW Diesel testada

Mas falando do caso concreto do bloco 1.0 Ecoboost da Ford, é muito difícil apontar-lhe defeitos, seja na versão de 125 ou de 155 cv. A forma como sobe de regime e a prontidão com que nos transporta para velocidades acima do limite legal não são (de todo) de um motor pequeno.

Esta unidade contava com 5465 euros em opcionais — ver ficha técnica. Porém a Ford Portugal tem em vigor uma oferta em equipamento de 3680 euros a que podem adicionar 1000 euros de apoio à retoma. © Diogo Teixeira / Razão Automóvel

A tradicional aceleração dos 0-100 km/h cumpre-se em apenas 9,1 segundos. A velocidade máxima é de 211 km/h. No caso da versão de 125 cv, os números continuam a ser simpáticos para quem gosta de conduzir: 10,1 segundos dos 0-100 km/h e 201 km/h de velocidade máxima.

VÊ TAMBÉM: Ford Puma ST. 200 CV para o mais desportivo dos Puma

1200 euros de diferença. Compensa?

Para quem gosta de conduzir vale a pena. O acerto de chassis do Ford Focus convida a desfrutar das curvas e contracurvas de algumas estradas portuguesas.

Faz swipe na galeria de imagens:

A versão de 125 cv é sem dúvida mais racional. Mas os 30 cv e 20 Nm adicionais fazem a diferença na altura de explorar tudo aquilo que o chassis do Focus tem para oferecer desde a primeira geração lançada no final da década de 90.

Relativamente a consumos, bem… é difícil encontrar diferenças. Já conduzi ambos e não encontrei diferenças dignas de registo, como de resto os valores de consumos e emissões anunciados pela marcas confirmam: 5,2 l/100 km em circuito misto para as duas versões, e emissões de CO₂ de 117 e 118 gr/km (com vantagem de 1 gr/km para a versão menos potente). Já em condições reais, esperem valores mais próximos dos 6 l/100 km.

Se não fazem parte desse grupo que gosta de emoções mais fortes, comprem a versão de 125 cv. Para todos os outros que (como eu) gostam de fazer desvios por estradas secundárias, optem pela versão de 155 cv do motor 1.0 Ecoboost.

Preço

unidade ensaiada

27.470

Versão base: €25.981

IUC: €103

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 3 cilindros em linha
    • Capacidade: 999 cm3
    • Posição: Dianteira Transversal
    • Carregamento: Injeção direta, turbocompressor, intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válv./cil. (12v)
    • Potência: 155 cv
    • Binário: 235 Nm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Manual 6 velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4397mm / 1825mm / 1502 mm
    • Distância entre os eixos: 2700 mm
    • Bagageira: 375 litros
    • Peso: 1322 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 5,2 l/100 km
    • Emissões de CO2: 118 g/km
    • Vel. máxima: 211 km/h
    • Aceleração: 9,1 segundos
  • Equipamento
    • Assistência à manutenção de faixa
    • Sistema de detecção de deflacção de pneus (DDS)
    • Limitador de velocidade inteligente
    • Volante desportivo exclusivo ST-Line
    • Estofos em tecido com pespontos a vermelho
    • Sistema auxiliar de estacionamento
    • FordPass Connect
    • Rádio SYNC 3 com ecrã táctil TFT de 20.3cm (8”), 6 coluna
    • Forro do tejadilho em preto
    • Manípulos das portas na cor da carroçaria
    • Saída de escape duplas cromadas
    • Faróis automáticos
    • Jantes de liga leve 17"
    • Travão de mão elétrico
    • Apple CarPlay, Android Auto ,Applink
    • Suspensão desportiva
Extras
Pintura metalizada “Desert Island Blue” 635€; Sistema de Navegação Premium com B&O Play 305€; Faróis Adaptativos LED 1017€; Jantes de Liga Leve 18’’ ST-Line 407€; Tecto Panorâmico 1118€; Pack Driver 508€; Pack Driver Plus 407€ ; Pack Parcial Couro ST-Line 661€.
Avaliação
8 / 10
O Ford Focus é tudo aquilo que se pode esperar de um familiar compacto deste segmento. Mas competência familiar junta-se uma vertente dinâmica verdadeiramente entusiasmante. Principalmente nesta versão com 155 cv de potência.
  • Dinâmica;
  • Consumos;
  • Conforto e insonorização;
  • Dotação de equipamento.
  • Design muito genérico;
  • Plásticos de algumas superfícies face à concorrência.
Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Ford Escort RS Cosworth?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

A radical asa traseira (de origem) que o Ford Escort RS Cosworth não teve

Mais artigos em Testes, Ensaio