Apresentação

Land Rover Defender 2021. Novidades para “dar e vender”

Atualizado para 2021, o Land Rover Defender traz uma versão híbrida plug-in, um novo motor Diesel, a variante de três portas… e ainda uma versão comercial.

O Land Rover Defender até pode ter sido apresentado há pouco tempo, mas isso não significa que a marca britânica se deixe “dormir na forma” e a prová-lo está o facto do icónico jipe prometer muitas novidades para 2021.

Desde uma versão híbrida plug-in, até um novo motor Diesel de seis cilindros, passando pela variante de três portas e pela muito aguardada versão comercial, novidades não faltam ao Defender.

O Defender híbrido plug-in

Comecemos então pelo Land Rover Defender P400e, a inédita versão híbrida plug-in do jipe britânico que desta forma se junta ao Jeep Wrangler 4xe entre os “puros e duros eletrificados”.

TENS DE VER: Será que aguenta? Novo Land Rover Defender (2020) levado ao LIMITE
Land Rover Defender 2021

A animá-lo encontramos um motor a gasolina com quatro cilindros e 2.0 l turbocomprimido com 300 cv, que surge associado a um motor elétrico com 105 kW (143 cv) de potência.

O resultado final são 404 cv de potência máxima combinada, emissões de CO2 de apenas 74 g/km e um consumo anunciado de 3,3 l/100 km. A estes valores junta-se ainda uma autonomia de 43 km em modo 100% elétrico, graças à bateria com 19,2 kWh de capacidade.

Por fim, no capítulo da performance a eletrificação também dá cartas, com o Defender P400e a acelerar até aos 100 km/h em 5,6s e atingir os 209 km/h.

Land Rover Defender PHEV
O cabo de carregamento Modo 3 permite carregar até 80% em duas horas, já o carregamento com um cabo Modo 2 levará cerca de sete horas. Com um carregador rápido de 50 kW, o P400e carrega até 80% da capacidade em 30 minutos.
VÊ TAMBÉM: Novo Land Rover Defender 110 (2020). Primeiro teste em Portugal

Diesel. 6 melhor que 4

Como dissemos, outra das novidades que o Land Rover Defender vai trazer em 2021 é um novo motor Diesel de seis cilindros em linha com 3,0 l de capacidade, um dos mais recentes membros da família de motores Ingenium.

Associado a um sistema mild-hybrid de 48 V, este conta com três níveis de potência, com a mais potente de todas, a D300, a oferecer 300 cv e 650 Nm.

Curiosamente, as outras duas versões do bloco de seis cilindros, D250 e D200, tomam o lugar do motor Diesel de 2,0 l de quatro cilindros (D240 e D200) comercializado até agora, apesar de o Defender ter menos de um ano de mercado.

Assim, no novo D250 a potência fixa-se nos 249 cv e o binário pelos 570 Nm (um incremento de 70 Nm em relação ao D240). Enquanto o novo D200 apresenta-se com 200 cv e 500 Nm (também mais 70 Nm que anteriormente).

VÊ TAMBÉM: Testámos o Land Rover Discovery Sport de… tração dianteira. “Concentrado” de Land Rover

Três portas e comercial a caminho

Por fim, entre as novidades do Defender para 2021 temos a chegada da muito aguardada versão de três portas, o Defender 90, e da versão comercial.

Por falar na versão “de trabalho”, esta vai estar disponível tanto na variante 90 como 110. A primeira variante vai contar apenas com o novo seis cilindros Diesel na versão D200. Já a variante 110 vai estar disponível com o mesmo motor, mas nas versões D250 e D300.

Land Rover Defender 2021
VÊ TAMBÉM: A Jaguar Land Rover tem um novo CEO: Thierry Bolloré

No caso do Land Rover Defender 90 comercial o espaço disponível ascende aos 1355 litros e a capacidade de carga é de até 670 kg. Já no Defender 110 estes valores sobem para 2059 litros e 800 kg, respetivamente.

Ainda sem preços nem data de chegada prevista a Portugal, o revisto Land Rover Defender vai ainda contar com um novo nível de equipamento designado X-Dynamic.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançada a primeira geração do Land Rover Freelander?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Land Rover Freelander considerado um clássico

Mais artigos em Notícias