Óbito

Morreu “Nicha” Cabral, o primeiro piloto de Fórmula 1 português

Primeiro português a correr num Grande Prémio de Fórmula 1, Mário de Araújo "Nicha" Cabral faleceu hoje aos 86 anos de idade.

No ano em que a Fórmula 1 se prepara para regressar a Portugal, o nosso país viu desaparecer hoje Mário de Araújo “Nicha” Cabral, o primeiro português a correr na categoria rainha do desporto automóvel.

Mário de Araújo “Nicha” Cabral nasceu no Porto a 15 de janeiro de 1934 e estreou-se na Fórmula 1 em 1959 no GP de Portugal disputado no Circuito do Monsanto.

Aos comandos de um Cooper-Maserati o português logrou terminar a prova num 10º lugar, isto apesar de não estar familiarizado com o carro.

VÊ TAMBÉM: A história da Honda na Fórmula 1. Do Japão para o mundo
Nicha Cabral
“Nicha” Cabral não correu apenas na Fórmula 1 em Portugal. Aqui disputava em 1963 o Grande Prémio da Alemanha, no famoso Nürburgring, aos comandos do Cooper T60. Apesar de ter recuperado 11 lugares em apenas sete voltas, viria a desistir devido a problemas na caixa de velocidades quando ocupava a 9ª posição.

Participaria depois em mais quatro GP’s de Fórmula 1 a contar para o campeonato do mundo da categoria e em provas extra-campeonato.

Para além da Fórmula 1, “Nicha” Cabral correu na Fórmula 2 — categoria na qual sofreu em 1965 um violento acidente em Rouen-les Essart — e competiu em provas de Turismos e Protótipos até 1974.

Após abandonar as pistas, “Nicha” Cabral assumiu funções como consultor da Ford Lusitana, ajudando a dinamizar a escola de Fórmula Ford no Autódromo do Estoril, e que foi responsável por ajudar à formação de pilotos como Manuel Gião, Pedro Matos Chaves ou Pedro Lamy (estes dois com passagem pela Fórmula 1).

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Citroën Xantia?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Citroën Xantia Activa V6

Mais artigos em Notícias