Desporto automóvel

É oficial. Sebastian Vettel vai deixar a Ferrari no final da temporada

Começou por ser um rumor mas agora é oficial. A ligação entre Sebastian Vettel e a Ferrari vai terminar no final da temporada de 2020 da Fórmula 1.

A notícia da separação entre Sebastian Vettel e a Ferrari já vinha sendo avançada há uns dias e o comunicado conjunto de Vettel e da Ferrari divulgado hoje de manhã confirmou as suspeitas.

A ligação entre o tetra-campeão do mundo de Fórmula 1 e a Ferrari — que dura desde 2015 — vai assim  terminar no final da temporada após as negociações para a renovação do contrato de Vettel terem falhado.

No comunicado, Mattia Binotto, diretor da equipa italiana refere: “não foi uma decisão fácil (…) não houve uma razão específica por detrás desta decisão para além da crença comum e amigável de que havia chegado o momento de seguirmos caminhos separados para alcançarmos os nossos respetivos objetivos”.

Já Vettel afirma: “a minha ligação à Scuderia Ferrari terminará no final de 2020. Neste desporto, para obter os melhores resultados possíveis é vital que todas as partes trabalhem em perfeita harmonia. A equipa e eu percebemos que não há mais o desejo comum de permanecer juntos para além do final da temporada”.

VÊ TAMBÉM: Já há um calendário (provisório) para o mundial de Fórmula 1

A razão da separação

Ainda no mesmo comunicado, Sebastian Vettel fez questão de ressalvar que as questões monetárias não estiveram por detrás desta decisão.

Esta afirmação deixa no ar a ideia de que a saída de Vettel da Ferrari poderá ter sido motivada pela perda de influência do alemão dentro da equipa, principalmente após a chegada de Charles Leclerc.

O que vem a seguir?

A saída de Vettel da Ferrari motiva ainda algumas questões: quem o vai substituir? Para onde irá o alemão? Será que vai deixar a Fórmula 1?

Começando pela primeira, apesar de a ideia de Hamilton poder mudar-se para a Ferrari há muito ser discutida, a verdade é que são Carlos Sainz e Daniel Ricciardo os dois nomes que parecem estar mais perto de ingressar na equipa.

Já quanto às outras duas questões, no comunicado agora divulgado Vettel afirma “reservarei o tempo necessário para refletir sobre o que realmente importa quanto ao meu futuro”, deixando no ar a hipótese de ponderar a reforma.

Já outra hipótese seria fazer o mesmo que Alonso fez quando abandou a Ferrari e ingressar numa equipa do meio da tabela.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual é a velocidade máxima do Ferrari SF90 Stradale?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Todos os números do novo SF90 Stradale, o mais potente Ferrari de sempre

Mais artigos em Notícias