Editorial

A Razão Automóvel e o Dia Mundial da Língua Portuguesa

Hoje assinala-se o Dia Mundial da Língua Portuguesa, uma língua que na Razão Automóvel fazemos questão de celebrar todos os dias.

Portugal é pequeno. A língua portuguesa é uma limitação. Com a vossa qualidade, deviam tentar fazer conteúdos em inglês. Três frases que ouvimos constantemente ao longo destes quase oito anos de Razão Automóvel.

Volvidos oito anos, com uma presença avassaladora nas principais plataformas da atualidade, voltamos a repetir aquilo que sempre defendemos:

Portugal é do tamanho da nossa ambição. É gigante.

VÊ TAMBÉM: Razão Automóvel. Como tudo começou…

Com uma equipa cada vez maior — e que se agiganta perante uma crise sanitária que a todos tenta derrubar através da sua pequenez — temos mostrado que é possível, num país como Portugal, encontrar sustentabilidade, qualidade, diversidade e visão de futuro num meio especializado como o nosso.

Por tudo isto, para nós, produzir conteúdos na «língua de Camões» nunca foi encarado como um risco, foi sempre encarado como uma oportunidade.

Num mundo em que a língua já não é uma barreira, e em que o acesso à informação é maioritariamente gratuito e mais diversificado que nunca, a nossa maior disputa não se faz no campo do idioma, mas sim no campo da disputa pelo tempo.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Razão Automóvel (@razaoautomovel) a

Um tempo e uma atenção que face à diversidade de oferta existente — redes sociais, televisão, cinema, séries, plataformas de streaming, etc. — só é possível captar com uma aposta sem concessões na qualidade e na relevância dos nossos conteúdos.

A nossa concorrência é global e não conhece barreiras. Tal como a atenção dos nossos leitores.

É por isso que cada minuto consumido pelos nossos leitores a ver ou a partilhar os nossos conteúdos, são os maiores elogios que podem fazer ao nosso trabalho. E como nós pensam cada vez mais pessoas, que escolhem diariamente os conteúdos da Razão Automóvel.

Obrigado a todos vós!

Mais artigos em Crónicas