Arranque a Frio

A maqueta mais cara de sempre na Volkswagen ainda é a do Phaeton

Volkswagen Phaeton, um rival para o Mercedes-Benz Classe S? Nada parecia impossível para o ambicioso, exigente e intimidante Ferdinand Piëch, o líder da marca na altura.

Só que o Volkswagen Phaeton (2002-2016) acabou por ser um glorioso flop. Mas não foi por falta de empenho e dedicação durante o desenvolvimento de tão ambicioso automóvel.

Klaus Bischoff, o atual chefe de design do grupo alemão, em entrevista à Top Gear, recorda um dos episódios ocorridos durante o desenvolvimento do Phaeton, respondendo à pergunta de como era trabalhar com Ferdinand Piëch.

Numa das avaliações do design do interior, Piëch olhou para a maqueta e disse em tom agudo “não é suficiente”. Não desmotivou Bischoff, que acabou por ir mais longe do que qualquer outro na construção de uma maqueta para ver o design aprovado pelo chefe.

Bischoff e os colegas acabaram por criar maquetas do interior e exterior totalmente funcionais, replicando ao detalhe o que seria o modelo de produção. Não ficou barato. Ele diz que a maqueta do interior que conceberam ainda é a mais cara de sempre feita na Volkswagen.

Volkswagen Phaeton
Interior do Phaeton

E será que Piëch aprovou? “Ahhh, agora sim, está certo”.

“Acreditem em mim, este era o maior elogio que podíamos alcançar”, diz Bischoff. Trabalhar com Piëch foi “a experiência de trabalho de uma vida”.

TENS DE VER: À conversa com Klaus Bischoff. O «homem que manda» no design do Grupo Volkswagen

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Mais artigos em Notícias