Indústria

Tudo a postos. Volvo reabre as suas fábricas europeias já na próxima segunda-feira

Em estreita colaboração com todos os fornecedores, a Volvo anunciou a reabertura das suas fábricas europeias já no próximo dia 20, segunda-feira. É um dos primeiros sinais de retoma da normalidade à indústria automóvel.

A Volvo Cars anuncia a reabertura das suas fábricas europeias após um curto período de inatividade relacionado com a pandemia de coronavírus. Com efeito, quer a fábrica de Torslanda, na Suécia, quer a fábrica de Ghent, na Bélgica, retomarão as suas atividades produtivas na próxima segunda-feira dia 20 de abril. Recordamos que na China, a Volvo Cars já regressou à normalidade, registando inclusive um regresso dos consumidores aos concessionários.

Na Suécia, os funcionários administrativos retomarão também a sua atividade de escritório nesse mesmo dia. Nas últimas semanas tanto a fábrica como os escritórios foram preparados para serem o mais seguros possíveis permitindo assim um regresso à atividade sem descurar a saúde das pessoas.

Todos os parceiros e fornecedores têm sido envolvidos numa estreita plataforma de diálogo que visa garantir uma produção contínua com interrupções reduzidas. Os volumes de produção serão ajustados para responder não só à procura do mercado, mas também às encomendas já existentes.

A NÃO PERDER: Mais focada. Volvo cria empresa para acelerar desenvolvimento da condução autónoma

Agora que a situação o permite temos uma responsabilidade em relação aos nossos funcionários e aos nossos fornecedores para reiniciar as operações. A melhor coisa que podemos fazer para ajudar a sociedade é encontrar formas de retomar a atividade de uma forma segura, salvaguardando a saúde das pessoas e os seus empregos.

Håkan Samuelsson – Chief Executive Volvo Cars

Medidas de higiene e segurança reforçadas

Para a reabertura das suas fábricas europeias, todas as instalações da Volvo foram alvo de um extenso processo de limpeza e desinfeção antes do regresso dos colaboradores. As rotinas de limpeza e de saneamento foram intensificadas e serão realizadas verificações voluntárias de temperatura e oxímetro de pulso nas entradas principais.

Em Torslanda, nas últimas semanas, foram revistas todas as estações de trabalho da fábrica levando em linha de conta as perspetivas de saúde e de segurança e, onde o distanciamento social não é possível, outras medidas de proteção foram adotadas.

Nos escritórios, o layout foi também revisto e ajustado sempre que necessário em todas as salas de reuniões, escritórios e restaurantes para permitir o distanciamento social garantindo. Por exemplo, as mesas são colocadas de forma a limitar o número de pessoas.

Conforme referido anteriormente, a fábrica de Ghent, na Bélgica, também retomará a produção na segunda-feira, 20 de abril. Nos Estados Unidos da América, a reabertura da unidade produtiva da Carolina do Sul está agendada para segunda-feira, 11 de maio.

Fábrica na Suécia serve de exemplo

Ainda na Suécia, quer a fábrica de motores de Skövde, quer a fábrica de componentes de Olofström, irão continuar a planear a sua produção numa base semanal em coordenação com a atividade das outras fábricas. Nos restantes mercados, serão seguidas as diretrizes dos governos locais. No entanto, a Volvo Cars espera que a aprendizagem das suas instalações suecas possa vir a ser implementada noutros locais.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Mais artigos em Notícias