Imparável

Este Opel Corsa B é o mais recente membro do “clube 1 milhão de quilómetros”

Quem diria que um pequeno Opel Corsa B era capaz de alcançar um milhão de quilómetros sem nunca abrir o motor? Esta é a história do Corsa de Martin Zillig.

Lançado em 1993, o Opel Corsa B deve grande parte da sua fama de fiabilidade aos “eternos” motores Diesel da Isuzu que herdou do seu antecessor.

Disponíveis nas variantes 1.5 D, 1.5 TD e 1.7 D, estes ficaram reconhecidos pela sua capacidade de acumular quilómetros e pela frugalidade na hora de “beber” gasóleo, duas características que o Opel Corsa B de que te falamos hoje vem confirmar.

Propriedade do alemão Martin Zillig há já 21 anos, este pequeno Opel Corsa B conta com o 1.7 D com 60 cv e ao longo deste tempo acumulou um milhão de quilómetros, conseguindo recolocar o odómetro a zeros!

VÊ TAMBÉM: Opel Corsa A Sprint. Há 36 anos era este que brilhava em Frankfurt
Opel Corsa B
Não. não está avariado. Está apenas no museu da Opel. Opel Automobile GmbH / Auto Bild

Uma vida de trabalho

Co-protagonista na apresentação do novo Corsa que ocorreu em 2019, o Opel Corsa B de Martin Zillig é o seu carro do dia-a-dia, acumulando diariamente 165 km e apresentando um consumo de apenas 4,5 l/100 km.

Segundo Martin Zillig, a manutenção deste Corsa ao longo destes 21 anos tem sido escassa. A junta da cabeça do motor nunca foi substituída, o alternador e motor de arranque são substituídos a cada 200/250 mil quilómetros e a embraiagem foi apenas trocada uma vez, aos 300 mil quilómetros, não por necessidade, mas sim por precaução.

É que este Corsa B tem sido um carro de trabalho, e Zillig chegou a usá-lo para puxar reboques com 2,5 t de areia quando decidiu construir um poço na sua garagem para fazer a manutenção do carro.

VÊ TAMBÉM: Opel Corsa GS Line contra Peugeot 208 GT Line. Qual o melhor?
Opel Corsa B Opel Automobile GmbH / Auto Bild

Trocar de carro? Não faz parte dos planos

Apesar da idade avançada e das “marcas de guerra” (principalmente ao nível da corrosão), Martin Zillig afirma que não trocava este Opel Corsa B pelo novo pois este como que “faz parte da família”.

VÊ TAMBÉM: Todos os preços e a gama para Portugal do novo Opel Corsa

Ainda assim, Zillig sabe que o Corsa não vai durar para sempre e afirma: “todos os anos penso em que carro comprar. Mas no final, fico sempre com o Corsa”.

Agora, depois de já ter percorrido um milhão de quilómetros, de ter acompanhado Martin Zillig no seu dia-a-dia, de ter ido a Espanha, Itália e Inglaterra, este Opel Corsa B tem mais uma “missão”: ir com o seu dono até ao Cabo Norte. Pelo menos é este o objetivo de Martin Zillig.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Opel Corsa-e?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o primeiro Opel Corsa 100% elétrico e nós já o conduzimos

Mais artigos em Notícias