Coronavírus

Inspeção automóvel. Data limite poderá vir a ser prolongada

Ao que tudo indica, a data limite da inspeção periódica dos veículos com data de inspeção posterior a 11 de março poderá prolongar-se até três meses.

A notícia está a ser adiantada pelo JN e dá conta de que decorrem reuniões entre o Governo, os centros de inspeções e o IMT com vista ao prolongamento por três meses da data limite da inspeção periódica obrigatória dos veículos com data de inspeção posterior a 11 de março.

Segundo o JN, o complexo processo para aplicar esta medida de exceção tem envolvido também as seguradoras, com uma fonte do jornal a referir: “É essencial este enquadramento legal (…) Em caso de algum incidente, haveria problemas com as seguradoras e mesmo com as autoridades”.

Ao que tudo indica, o novo quadro legal deverá estar definido entre amanhã (quarta-feira) e quinta-feira.

VÊ TAMBÉM: CoVid-19. Todas as fábricas fechadas ou afetadas na Europa (em atualização)

A mesma fonte refere ao JN que têm havido reclamações tanto dos proprietários dos veículos inspecionados como dos próprios inspetores.

É que para efetuar alguns dos testes, os inspetores têm de se sentar ao volante do automóvel, razão pela qual estes se mostram algo preocupados devido ao risco de possível contágio do coronavírus.

Por fim, a fonte a que o JN teve acesso refere ainda que os centros onde se realiza a inspeção periódica obrigatória já têm vindo a adotar medidas de contingência. Entre estas contam-se o uso de luvas por parte dos inspetores e a disponibilização de desinfetante para de mãos.

Caso se venha a confirmar este prolongamento do prazo da data limite da inspeção periódica, esta medida seguirá o exemplo daquela que já está em vigor em relação a documentos cuja validade terminou a partir de 9 de março (nos quais estão incluídos o Cartão de Cidadão e a Carta de Condução) e que permanecem válidos até 30 de junho.

Fonte: JN


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Portaro?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Sabias que o “nosso” Portaro também foi testado pela TV britânica?

Mais artigos em Notícias