Tecnologia

Afinal, o que é que a Audi e a Ericsson andam a fazer em conjunto?

Desde 2018 que a Audi e a Ericsson trabalham em conjunto. O objetivo? Explorar as capacidades da tecnologia 5G e aplicá-la à produção automóvel.

Depois de há uns tempos te termos dado a conhecer a ligação entre a Audi e a NVIDIA, hoje falamos-te de mais uma parceria entre a marca alemã e uma empresa tecnológica. Há já dois anos que a Audi e a Ericsson trabalham em conjunto e os resultados dessa parceria começam agora a aparecer.

Sob a forma de um projeto piloto, a Audi está a testar como é que a tecnologia 5G pode aumentar a segurança nas relações entre humanos e robôs.

O resultado é um robô capaz de instalar airbags num volante e que se encontra repleto de sensores que, ao detetarem um movimento humano, param imediatamente o movimento do robô. Segundo a Audi, só é possível fazer este sistema funcionar por meio wireless graças à baixa latência assegurada pela tecnologia 5G.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Audi Q3 Sportback 35 TDI (vídeo). É este o preço da QUALIDADE?

Uma parceria com os olhos postos no futuro

De acordo com Henning Löser, diretor do Audi Production Lab, o objetivo desta parceria tem sido “testar a possibilidade de usar a tecnologia 5G em aplicações industriais na fábrica inteligente Audi Production Lab”.

A tecnologia 5G (…) leva a enormes melhorias ao nível da flexibilidade e conectividade e mostra como humanos e robôs podem trabalhar juntos com segurança.

Arjen Kreis, diretor de planeamento de tecnologia de automação de produção, Audi Neckarsulm

Segundo a Audi, a aplicação da tecnologia 5G na indústria tem como principais vantagens o facto de esta ser mais fiável e suportar melhor um uso intensivo. Ora, graças a estas qualidades a Audi considera a tecnologia 5G a ideal para ser aplicada a máquinas usadas por humanos.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Audi A2?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Audi A2, à frente do tempo

Mais artigos em Notícias