CES 2020

Digit. Os robôs com braços e pernas que a Ford comprou

Parecem saídos de um filme de ficção científica, mas são bem reais. Criados pela Agility Robotics, os robôs Digit são a mais recente aquisição da Ford.

Apesar de em Hollywood os robôs surgirem (quase) sempre como os “maus da fita”, a verdade é que no futuro, o mais provável é que estes venham a ajudar-nos nas mais diversas tarefas diárias.

Convencida disso mesmo, a Ford decidiu antecipar-se e comprou as duas primeiras unidades dos robôs Digit produzidos pela Agility Robotics, empresa com a qual a marca norte-americana tem uma parceria.

Os robôs Digit

Desenhados para trabalharem em conjunto com os humanos, os robôs Digit andam exatamente como nós (ou seja, são bípedes) e contam com dois braços funcionais graças aos quais conseguem transportar objetos.

VÊ TAMBÉM: Motobot é o robot da Yamaha que quer ultrapassar Valentino Rossi

Dotados de vários sensores, os robôs Digit são capazes de mapear o ambiente que os rodeia, conseguem equilibrar-se apenas num “pé” e contam com tecnologias de conetividade que lhes permitirão comunicar constantemente com os veículos comerciais da Ford.

Quanto às tarefas que os robôs Digit podem vir a desempenhar, estas estão, acima de tudo, relacionadas com a área da distribuição, com os robôs agora adquiridos pela Ford a poderem não só trabalhar em armazéns como até fazer serviços de entregas porta-a-porta.

VÊ TAMBÉM: Quantos quilómetros já foram percorridos com o Tesla Autopilot ligado?
Digit
Parece uma cena tirada do filme “Exterminador Implacável” mas não é. É apenas o robô Digit a trabalhar.

Uma parceria para o futuro

Inseridos na parceria existente entre a Ford e a Agility Robotics, os robôs Digit são mais um exemplo de um trabalho que tem sido levado a cabo por ambas as empresas com vista à criação de novas soluções que permitam aos clientes de veículos comerciais da Ford tornarem as entregas e o trabalho no seus armazéns mais eficientes e acessíveis.

O objetivo passa por, no futuro, incorporar estes robôs num pacote destinado às funções de entregas ao domicílio, sendo estes robôs até capazes de saberem onde é que os clientes preferem que as encomendas sejam deixadas.

VÊ TAMBÉM: Esta tecnologia de precisão da Bosch tem contributo português

Acerca deste assunto, Ken Washington, vice-presidente de Pesquisa e Engenharia Avançada da Ford e diretor de tecnologia referiu: “à medida que o comércio online vai crescendo, acreditamos que os robôs poderão ajudar os nossos clientes a construir negócios mais fortes, tornando as entregas mais eficientes e acessíveis”.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Ford Focus ST 2.3 Ecoboost?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Conduzimos o novo Ford Focus ST 2.3 Ecoboost. Trabalho de artesãos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos