Apresentação

Parece um brinquedo, mas não é. Morris JE é um comercial elétrico a chegar em 2021

Visual retro, mas fibra de carbono e motor elétrico é a receita para o relançamento da Morris Commercial. O seu primeiro modelo vai ser a Morris JE e chega em 2021.

Quando se fala do nome Morris, há três modelos que nos surgem na memória: o Minor, o Mini-Minor (aka Mini) e o malogrado Marina. No entanto, esta marca da indústria automóvel britânica fez bem mais que estes três carros, tendo até tido uma divisão destinada a veículos comerciais, conhecida como Morris Commercial, desaparecida em 1968.

Por falar na Morris Commercial, foi precisamente essa que, pela mão de um grupo desconhecido de investidores europeus, renasceu em 2017 e agora se prepara para lançar o seu primeiro modelo, uma carrinha elétrica com visual retro designada JE.

Com um peso bruto de 2,5 t, capacidade para transportar até 1000 kg e uma autonomia de cerca de 322 km, segundo a Morris Commercial, a JE recorre a uma bateria com 60 kWh de capacidade que pode ser recarregada até 80% em apenas 30 minutos num posto de carregamento rápido.

VÊ TAMBÉM: Tesla Model X Long Range em vídeo. Tem espaço para tudo
Morris JE
Apesar do visual retro, a Morris JE é um modelo 100% novo.

Retro, mas moderna

Apesar do estilo retro fortemente inspirado na Morris J-Type Van lançada em 1949 — na verdade até parece um brinquedo saído de uma série infantil como o carteiro Pat —, a Morris Commercial recorreu aos mais modernos materiais na hora de produzir a carroçaria da JE, destacando-se o uso de fibra de carbono.

Apesar de o local onde a Morris JE vai ser produzida continuar a ser uma incógnita (apenas se sabe que a produção vai ocorrer em solo britânico), a Morris Commercial já anunciou que conta produzir cerca de 1000 unidades/ano da carrinha.

VÊ TAMBÉM: Como transformar o Citroën Jumper no icónico «Type H»

Com chegada prevista para 2021 e um preço estimado de cerca de 60 mil libras (pouco mais de 70 mil euros), ainda não se sabe se a Morris JE será vendida noutros mercados que não o britânico.

Atualização a 16 de novembro: O artigo referia inicialmente 2,5 t de peso para o veículo, o que estava incorreto. As 2,5 t referem-se ao peso bruto (peso do veículo + peso máximo de carga). O valor de conversão de libras para euros foi igualmente corrigido.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do MINI Cooper?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

MINI Cooper D 1.5 116 cv. Neste caso, o Diesel ainda compensa?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos