Desporto Automóvel

E vão seis. Lewis Hamilton conquista título de pilotos na Fórmula 1

Numa corrida na qual era preciso uma hecatombe para não se sagrar campeão, Lewis Hamilton cumpriu as expetativas e arrecadou o seu sexto título de pilotos.

Bastava um oitavo lugar mas Lewis Hamilton não deixou créditos por mãos alheias e conseguiu mesmo um segundo lugar, confirmando aquilo que todos esperávamos à entrada do Grande Prémio dos EUA: seria no Texas que o britânico iria fazer a festa do sexto título mundial de Fórmula 1 da sua carreira.

Já com um lugar garantido entre os maiores nomes da história da modalidade, com o título conquistado em Austin, Lewis Hamilton ultrapassou o lendário Juan Manuel Fangio (que conta com “apenas” cinco títulos de campeão do mundo de Fórmula 1) e mantém a “perseguição” a Michael Schumacher (que totaliza sete campeonatos).

Mas não foi apenas Hamilton que “escreveu história” ao conseguir este título. É que, com a conquista do piloto britânico, a Mercedes tornou-se na primeira equipa na disciplina a conseguir um total de 12 títulos em seis anos (não te esqueças que a Mercedes já se tinha sagrado campeã do mundo de equipas).

VÊ TAMBÉM: Como é que o Nürburgring passou a ser conhecido por “inferno verde”?
Lewis Hamilton
Com o segundo lugar conquistado em Austin, Lewis Hamilton sagrou-se campeão do mundo de Fórmula 1 pela sexta vez.

Título de Hamilton e dobradinha da Mercedes

Numa corrida que muitos já previam que se viesse a tornar numa prova de consagração de Hamilton, foi Bottas (que partiu da pole position) que venceu, tendo ultrapassado o britânico quando este liderava a apenas seis voltas do fim.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas
Com o título de Hamilton e a vitória de Bottas, não faltaram motivos de fesrejo à Mercedes no GP dos EUA.

Um pouco atrás dos dois Mercedes ficou Max Verstappen, o “melhor dos restantes” e cuja tentativa de alcançar o segundo lugar acabou por se revelar infrutífera.

Por fim, a Ferrari voltou a mostrar que enfrenta uma época de altos e baixos com Leclerc a não ir além de um quarto lugar (e distante de Verstappen) e Vettel a ser forçado a desistir na nona volta graças a uma quebra da suspensão.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que Valentino Rossi testou pela primeira vez um Fórmula 1?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Valentino Rossi na Fórmula 1. A história completa

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos