Arranque a Frio

Porque é que este Renault 17 está identificado como Renault 177?

Renault 177? Não está um 7 a mais neste Renault 17? Na verdade não, e mais uma vez nada como uma boa superstição para motivar uma mudança de nome.

O Renault 177, conhecido por todos nós como Renault 17 (1971-1979) foi um coupé derivado do Renault 12. Mas em Itália, e apenas em Itália, o 17 teve de passar a ser 177 após ter-se verificado uma elevada resistência dos italianos a comprar o coupé. Porquê?

Superstição, simples superstição. Os números podem ter uma elevada carga simbólica e o 17, para os italianos, é um número aziago. O número romano correspondente ao 17 é XVII, um anagrama para VIXI em latim, o que significa “eu vivi”, ou seja, “estou morto” — nada bom…

Curiosamente, o número 13 em Itália significa boa sorte.

Não é a primeira vez que vemos a superstição a ser o mote para dar uma nova designação a um novo modelo. Lembram-se do Alfa Romeo 168? Não era mais que um 164, mas na China, o número 4 e a combinação fonética 1-6-4 não significava boas notícias para os chineses…

VÊ TAMBÉM: Não estão a ver mal. É mesmo um Volvo S4

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos