Relatório

Fica a saber qual a estrada mais perigosa de Portugal

A ANSR identificou 60 "pontos negros" nas estradas portuguesas no relatório anual de segurança rodoviária. Nove estão na estrada mais perigosa de Portugal.

Já alguma vez te questionaste acerca de qual seria a estrada mais perigosa de Portugal? Pois bem, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) faz essa mesma pergunta todos os anos quando elabora o relatório anual de segurança rodoviária e já tem uma resposta para te dar.

Ao todo, a ANSR identificou 60 “pontos negros” nas estradas portuguesas em 2018 (um aumento de 10 face a 2017) sendo que só no IC19 encontram-se nove desses “pontos negros”, elevando a via rápida que liga Sintra a Lisboa à liderança das vias com mais “pontos negros” no país e, por conseguinte, ao estatuto de “estrada mais perigosa de Portugal”.

Nos lugares imediatamente a seguir ao IC19 surgem a Estrada Nacional 10 entre Vila Franca de Xira e Setúbal (oito pontos negros), a A2 (seis pontos negros) e a A5 (seis pontos negros) e pela A20 (a primeira via na área do Porto, com quatro “pontos negros”).

VÊ TAMBÉM: Epidemia nacional: os azelhas da faixa do meio
Autoestrada A5
A A5 surge no Top-5 de estradas mais perigosas de Portugal.

Os números da sinistralidade no IC19

Ao todo, o relatório anual de segurança rodoviária de 2018 aponta que houve um total de 59 acidentes no IC19, envolvendo um total de 123 veículos e dos quais resultaram 69 feridos leves (mas nenhum ferido grave ou qualquer morte).

Há ainda que destacar que apenas em três dos 60 “pontos negros” identificados pela ANSR se registaram mortes, três fatalidades no total, divididas pelas Estrada Nacional 1 (que liga Lisboa ao Porto), Estrada Nacional 10 (entre Vila Franca de Xira e Setúbal) e Estrada Nacional 15 (em Trás-os-Montes).

VÊ TAMBÉM: 10 dicas de Segurança Rodoviária para viagens mais seguras

O que faz um “ponto negro”?

Segundo o relatório da ANSR, em 2018 registaram-se um total de 34 235 acidentes com vítimas, 508 das quais mortais ocorridas no local do acidente ou durante o transporte para o hospital, tendo-se ainda registado 2141 feridos graves e 41 356 feridos ligeiros.

VÊ TAMBÉM: Aos super-heróis das estradas, mais cortesia por favor

Para um troço ser considerado um “ponto negro” este tem de ter um máximo de 200 metros de extensão e têm de lá ter sido registados, no mínimo, cinco acidentes com vítimas durante um ano.

Sabes responder a esta?
Qual é a cilindrada do Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC renovado. Mais cavalos e tecnologia

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos