NOS Primavera Sound 2019

Fomos ver de perto a ligação da SEAT à música e à arte urbana

Na 8ª edição do NOS Primavera Sound, estivemos à conversa com Teresa Lameiras, diretora de marketing da SEAT, sobre o presente e o futuro da marca espanhola no que à ligação com a arte e a música diz respeito.

Em Porto, Portugal

A ligação da marca espanhola ao NOS Primavera Sound, como patrocinador oficial, já existe desde a edição de 2018. Este Festival, nascido e criado em Barcelona, tal como a SEAT, é palco de nomes sonantes e recebe um público muito jovem e diversificado.

Uma app para encontrar os amigos

É uma das novidades da edição deste ano do NOS Primavera Sound. A SEAT criou a “SEAT Lost&Sound”, uma app que torna possível localizar amigos através do smartphone, recorrendo à realidade aumentada. Caso pretendas encontrar um amigo, ao abrires a app, irá aparecer um “sinal no céu” com a forma do ícone que ele escolheu, permitindo encontrá-lo facilmente.

Outra novidade é uma escultura em movimento kinético, criada com o objetivo de incentivar os festivaleiros a partilharem o momento nas redes sociais.

© Diogo Teixeira / Razão Automóvel
O ambiente no SEAT Village

SEAT Village. Aqui há festa a partir das 02h00 (e não só)

A SEAT Village, acessível a todos os festivaleiros, é um espaço de chill out. Tens Wi-Fi gratuito, podes carregar o teu smartphone, bar de bebidas dedicado e a partir das 02h00, um DJ.

À entrada do SEAT Village e de forma completamente gratuita, podes personalizar uma t-shirt oferecida pela SEAT ao teu gosto com a ajuda de artistas urbanos.

Ao lado do palco da SEAT, cinco artistas estão a construir um mural de arte urbana (AkaCorleone, André da Loba, Bechkam, a dupla Draw&Contra e Tamara Alves).

© Diogo Teixeira / Razão Automóvel
No Palco da SEAT a bancada é iluminada com as origens da marca (e do Primavera Sound), a cidade de Barcelona.

São estes os artistas que compõem o projeto de parceria SEAT Art Cities Curated by Vhils, através do qual serão criadas cinco novas peças de arte em cinco locais distintos do país, num itinerário nacional de Arte Urbana.

RELACIONADO: SEAT e BeatsAudio. Fica a conhecer tudo sobre esta parceria

Uma ligação forte às pessoas

Quando chego à SEAT Village para me encontrar com Teresa Lameiras, já não há lugares nas dezenas de puffs que estão espalhados pelo espaço da marca.

O espaço da SEAT no NOS Primavera Sound cresceu e há uma fila grande na loja de personalização de t-shirts onde se fazem verdadeiras obras de arte que podemos vestir.

Razão Automóvel: Qual é o rescaldo desta parceria, da SEAT com o NOS Primavera Sound, que entra agora na 2ª edição?

Teresa Lameiras: Ainda estamos a meio desta segunda edição, mas os resultados do primeiro ano foram muito bons. Conseguimos ter aquilo que o NOS Primavera Sound nos trás: uma experiência de música, convívio e contacto com a arte urbana.

Este ano demos aos clientes a possibilidade de estacionarem os carros dentro do Parque da Cidade. Queremos que os que são nossos tenham alguns privilégios! É a primeira vez também que o projecto Smart Cities aparece materializado, aqui no NOS Primavera Sound.

Razão Automóvel: Como é passam esta ligação à música para os modelos em comercialização?

Teresa Lameiras: Temos uma parceria com a BeatsAudio que nos permite disponibilizar nos nossos modelos um sistema de som da Beats, que proporciona uma excelente experiência de áudio. Os nossos clientes podem ainda conectar os smartphones aos modelos SEAT e usar o Spotify para ouvir as suas playlists. Ao mesmo tempo que conduzem podem ter uma experiência musical.

A par disto estamos presentes nas Festas do Mar em Cascais, o maior Festival gratuito do país, que reúne meio milhão de pessoas em 10 dias. Estamos também no Lisb-On, em Lisboa.

Nós procuramos de uma forma consistente apoiar os festivais, mas mais do que apoiar e patrocinar, fazermos parte desta experiência, termos esta ligação.

Razão Automóvel: Quais são as perspectivas sobre o futuro desta ligação da SEAT ao NOS Primavera Sound?

Teresa Lameiras: O futuro é promissor, mas temos de analisar os desafios que vêm a seguir e os desafios que a marca tem. Muitas vezes existem projetos positivos e terrenos que se conquistam, mas também o desafio de irmos para outras áreas.

Eu penso que a SEAT vai continuar a consolidar a arte e a música por mais tempo, porque é onde está o nosso público. É aqui também que nós, com uma gama enriquecida com modelos SUV, com a nossa ofensiva de produto, estamos a conquistar clientes que valorizam estas experiências.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos