Insólito

Rebaixou o carro. Danificou-o nas lombas. Mandou a conta ao município

Leram bem. Após rebaixar o seu carro, este deixou de conseguir transpor as lombas da vila onde reside e sofreu danos numa das tentativas de o fazer. Agora quer que o município pague a conta.

Christopher Fitzgibbon é um jovem irlandês de 23 anos que deu uma “atitude” extra ao seu Volkswagen Passat, rebaixando-o alguns centímetros — a distância ao solo é agora de apenas 10 cm.  Ao rebaixar o seu carro, depressa se deparou com um problema.

O município onde vive adicionou várias lombas redutoras de velocidade nos vários pontos de acesso à vila de Galbally, em Limerick. Resultado, o seu Passat é incapaz de transpô-las sem causar danos.

O jovem Christopher Fitzgibbon decidiu, assim, investir… contra o município. É isso mesmo, ele está a cobrar ao município os custos de reparação sofridos pelo seu Volkswagen Passat.

VÊ TAMBÉM: Aldeia italiana apanha mais de 58 mil em velocidade excessiva… em duas semanas

Reclama que o município de Limerick, na Irlanda, pague os mais de 2500 euros de danos sofridos pelo seu carro nas tentativas de “transpor as montanhas”. Reclamação à qual o município respondeu de forma negativa e até com alguns insultos à mistura — um dos engenheiros de estradas chegou mesmo a chamar de “frívolo” e “vexante” a Christopher.

De acordo com Christopher Fitzgibbon, o adicionar das lombas não só lhe estragou de carro, como obrigou-o a efetuar um percurso bem mais longo para o local de trabalho, para evitá-las — 48 km extra por dia, resultando em aproximadamente 11 300 km a mais por ano.

RELACIONADO: Temos de acabar com o culto dos «fumarentos» em Portugal

Segundo Christopher Fitzgibbon:

Estas novas (lombas) (…) são absolutamente ridículas porque impedem-me de passar (de carro) pela vila. E não interessa a que velocidade circulo — podia estar a conduzir a 5 km/h ou 80 km/h e não faria diferença. Sinto-me discriminado porque estou a conduzir um carro modificado — está rebaixado, por isso está a apenas 10 cm do solo — e estou a ser negado ao meu direito de conduzir nestas estradas.

VÊ TAMBÉM: “Caro ladrão de carros, por favor, devolve-me o carro. Eu pago-te 250 mil euros em dinheiro!”

A resposta oficial do município de Limerick:

As lombas redutoras de velocidade (…) têm apenas 75 mm de altura (…) Não recebemos mais nenhuma queixa sobre elas.

Uma pesquisa de tráfego realizada previamente indicou a passagem a velocidades elevadas pela vila e o não cumprimento dos limites de velocidade existentes. A introdução destas medidas (as lombas) resultou numa vila mais segura para todos. Outras lombas do género foram introduzidas noutras áreas do município sem gerar este tipo de questões.

E vocês, quem acham que tem razão nesta disputa? Deixem-nos um comentário.

Fonte: Unilad via Jalopnik.

Sabes responder a esta?
O Ford Puma está de regresso, mas não como coupé. Que tipo de carroçaria terá?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Puma pode estar de regresso como… um SUV

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos