Apresentação

GFG Style Kangaroo. A moda dos Crossover já chegou aos superdesportivos

Ao que parece, já nem os superdesportivos escapam à moda dos crossover e o GFG Style Kangaroo vem prová-lo. A apresentação está marcada para Genebra.

O sucesso dos SUV/Crossover pode não ser fácil de explicar (se bem que nós até já te apresentámos algumas teorias), no entanto, é inegável que este tipo de carro tem cada vez mais fãs e a moda parece estar a alastrar ao mundo dos superdesportivos, como vem provar o GFG Style Kangaroo.

Desenvolvido pela empresa de Giorgetto Giugiaro e do seu filho Fabrizio, a GFG Style, o Kangaroo vem pegar no testemunho deixado por outro protótipo desenvolvido por Giorgetto Giugiaro, o Parcour, apresentado em 2013, quando o mestre italiano estava à frente dos destinos da Italdesign Giugiaro.

Agora, cerca de seis anos depois, Giugiaro “volta à carga” com a ideia de um superdesportivo com suspensão elevada com o Kangaroo. Em relação ao Parcour, o Kangaroo abdica do motor Lamborghini (aliás, até abdica de um motor de combustão), apresentando-se como um super-desportivo 100% elétrico.

VÊ TAMBÉM: Nissan Leaf Nismo RC: um elétrico em modo «hardcore»
GFG Style Kangaroo
Tanto no tejadilho como nas cavas das rodas surgem câmaras e sensores dos sistemas de condução autónoma.

Suspensão ajustável para passar em qualquer lado

Com uma carroçaria em fibra de carbono, o Kangaroo conta com dois motores elétricos com cada um a debitar 180 kW de potência, neste caso, uma potência combinada de 360 kW (cerca de 490 cv), oferecendo um binário de 680 Nm.

GFG Style Kangaroo
Há três ecrãs no interior. Um funciona como um espelho retrovisor; outro funciona como painel de instrumentos e surge atrás do volante e o terceiro está na consola central e controla o sistema de infotainment e climatização.

A alimentar os dois motores elétricos encontramos uma bateria com 90 kWh de capacidade que oferece ao Kangaroo uma autonomia acima dos 450 km. Já em termos de prestações, o protótipo da GFG Style acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,8s, alcançando uma velocidade máxima de 250 km/h (limitados eletronicamente).

VÊ TAMBÉM: Porque é que a rigidez do chassis é tão importante?

Equipado com tração e direção às quatro rodas, o Kangaroo conta ainda com uma suspensão ajustável. Esta oferece três modos a que correspondem três distâncias ao solo distintas: Race (140 mm), Road (190 mm) e Off-road (260 mm).

 

Sabes responder a esta?
Quantos cilindros tem o motor do Bugatti Chiron?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Os números que definem o Bugatti Chiron
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Os números que definem o Bugatti Chiron

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos