Insólito

Estes cinco Toyota MR2 de primeira geração foram trocados por… um MX-5

Trocar uma coleção de Toyota MR2 por um Mazda MX-5 é, no mínimo, curioso. No entanto quem o fez tinha boas razões para tomar essa decisão.

Provavelmente, em alguma fase da nossa vida, já nos arrependemos de nos termos desfeito daquele carro especial (fosse ele o nosso primeiro carro, um desportivo de sonho ou outro qualquer). Se dizer adeus a um carro pode ser difícil, nem queremos imaginar o quanto custa abrir mão de cinco Toyota MR2 da primeira geração.

Mas foi exatamente isso que aconteceu nos Estados Unidos da América, onde um professor universitário reformado decidiu trocar a coleção de Toyota MR2 que foi construíndo ao longo de 30 anos por um… Mazda MX-5 de 2016 com 10 000 milhas (cerca de 16 000 km).

Apesar de parecer de loucos trocar uma coleção que deu tanto trabalho a criar, há uma razão por detrás desta troca peculiar. O proprietário dos Toyota ficou viúvo há cerca de dois anos e por fim decidiu que manter cinco clássicos era simplesmente demasiado, por isso optou por procurar quem tratasse bem deles.

VÊ TAMBÉM: Estes são os 5 Porsche mais caros de sempre
Toyota MR2

Os Toyota MR2 da coleção

A história chegou-nos através do site Japanese Nostalgic Car, que entrevistou o gestor de vendas do stand onde os carros foram entregues para troca e ele contou que “a coleção chegou até a ter seis exemplares, pois ele tinha mais um Toyota MR2 que entregou o ano passado em conjunto com uma pick-up para trocar por uma nova Toyota Tacoma”.

A coleção era composta por exemplares de 1985 até 1989, sendo que estavam todos em ótimo estado. Tão bom estado que o gestor do stand contou que apenas dois dias após anunciar que os carros estavam à venda, quatro deles já tinham sido vendidos (só o amarelo é que ainda não tem novo dono). Estas são as características dos cinco MR2 entregues para troca:

  • Toyota MR2 (AW11) de 1985: o exemplar mais antigo da coleção é o único que sofreu alterações. Conta com um tejadilho fixo, caixa manual e está pintado de amarelo, sendo que era, originalmente, cinzento. Outra modificação que salta à vista são as jantes aftermarket. Este exemplar conta com 207 000 milhas percorridas (cerca de 333 000 km).
  • Toyota MR2 (AW11) de 1986: este exemplar era, de acordo com o gestor de vendas do stand, o favorito do colecionador. Também contava com um tejadilho fixo e caixa de velocidades manual. Está pintado de vermelho e era presença assídua em encontros de clássicos e eventos. Ao todo percorreu 140 000 milhas (cerca de 224 000 km).
  • Toyota MR2 (AW11) de 1987: o exemplar de 1987 é um targa branco e conta com 80 500 milhas percorridas (aproximadamente 130 000 km) ao longo de cerca de 30 anos. Está equipado com jantes de três raios OEM e caixa automática.
  • Toyota MR2 (AW11) de 1988: também pintado de branco e com tejadilho targa, este exemplar era o único da coleção equipado com um turbo. Conta com caixa automática e percorreu 78 500 milhas (cerca de 126 000 km).
  • Toyota MR2 (AW11) de 1989: o mais recente modelo da coleção pertence ao último ano de produção da primeira geração do MR2 e está pintado de azul. Também é um targa e está equipado com caixa manual. Ao todo percorreu apenas 28 000 milhas (cerca de 45 000 km).
Toyota MR2

Fontes: Japanese Nostalgic Car e Road & Track

Imagens: Facebook (Ben Brotherton)

Sabes responder a esta?
Em que ano é que o Toyota Carina E foi eleito carro do ano em Portugal?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Toyota Carina E. Vencedor Carro do Ano 1993 em Portugal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos