Mobilidade

BMW e Mercedes-Benz juntas… numa empresa de mobilidade

A BMW e a Mercedes-Benz estão a planear a próxima fase da sua empresa de mobilidade. Isto depois de as autoridades da concorrência terem aprovado a empresa.

Não, a Mercedes-Benz e a BMW não estão a planear desenvolver um carro em conjunto. O que as duas marcas alemãs estão a planear criar é uma empresa de mobilidade que pretende “focar-se em assegurar a liberdade dos consumidores no campo da mobilidade urbana”.

Até agora a Daimler AG (proprietária da Mercedes-Benz) e a BMW Group tinham estado à espera que as autoridades da concorrência norte-americanas aprovassem a joint-venture entre as duas empresas. Agora que essa aprovação já foi dada, o plano passa por concluir o negócio até 31 de janeiro do próximo ano.

Assim que o negócio estiver fechado, a nova empresa de mobilidade resultante da joint venture entre a Daimler AG e a BMW Group deverá apresentar os próximos passos do seu plano de implementação no mercado. O objetivo é, de acordo com um comunicado da Daimler AG “criar a solução de mobilidade mais atrativa e compreensível para uma vida melhor num mundo conetado”.

VÊ TAMBÉM: Ford e Volkswagen. Possível fusão no horizonte?
Daimler AG e BMW Group
A empresa de mobilidade que a Daimler AG e a BMW Group querem criar vai juntar debaixo do mesmo “teto” diversos serviços de mobilidade.

Os serviços da joint-venture

joint-venture, que é detida em partes iguais pelas duas empresas, pretende unir numa só fonte serviços de car sharing, TVDE (transporte em veículo descaracterizado a partir de plataforma eletrónica), estacionamento, carregamento e ainda sistemas de transporte multimodais.

Assim, debaixo da mesma empresa de mobilidade vão estar serviços de car sharing já disponíveis como o Car2Go e Drive Now; serviços de TVDE oferecidos pela mytaxi, Chauffeur Privé, Clever Taxi e Beat; serviços de estacionamento como o ParkNow ou Parkmobile Group/Parkmobile LLC; serviços de carregamento como os ChargeNow e Digital Charging Solutions.

Para além destes, a joint-venture pretende ainda englobar serviços de transportes multimodais disponíveis através da moovel e ReachNow que permitem conjugar serviços de car sharing, aluguer de bicicletas e até transportes públicos permitindo o agendamento e o pagamento através da aplicação.

Para ficares com uma noção da dimensão de alguns dos serviços que esta joint-venture vai englobar, a Car2Go e a DriveNow operam atualmente 20 mil carros em 30 cidades, os serviços de TVDE que a nova empresa vai englobar contam com 250 mil condutores, os serviços de estacionamento estão disponíveis em 1100 cidades e a rede carregamento deverá oferecer acesso facilitado (com localização, carregamento e pagamento incluídos) à maior rede mundial de postos de carregamento públicos.

Sabes responder a esta?
Qual é a distância ao solo do Brabus 700 4×4² Final Edition?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos