Arranque a Frio

Sabes qual foi o primeiro automóvel a atravessar o Sahara?

Até 1922 se quisesses atravessar o Sahara só tinhas uma opção: ir de camelo. Isto até cinco Citroën Autochenille type P17 conseguirem fazer a travessia.

Se achavas que a ligação da Citroën ao deserto do Sahara remonta aos anos 90 e aos ZX Rallye Raid que venceram o Dakar, pensa outra vez. É que a marca do “double-chevron” tem uma ligação bem mais antiga às areias de um dos mais famosos desertos do mundo.

A ligação começou a 17 de dezembro de 1922, quando uma caravana de cinco Citroën Autochenilles (com lagartas) partiu de Tugurte, na Argélia, com destino a Tombuctu, no Mali. Ao todo a aventura tinha 3200 km e os arcaicos veículos da Citroën tinham como desafio principal fazer o que nenhum veículo havia feito antes: atravessar o deserto do Sahara.

Os modelos foram desenvolvidos por Adolphe Kegresse e para além das lagartas estavam equipados com motores de quatro cilindros de… 30 cv de potência que permitiam uma velocidade máxima de 45 km/h. Seja como for, a caravana da Citroën conseguiu mesmo cumprir o percurso, tendo chegado a Tombuctu a 7 de janeiro de 1923.

VÊ TAMBÉM: Daihatsu Mira Milano. A homenagem japonesa ao Citroën 2CV

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que o Citroën AX foi eleito carro do ano em Portugal?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Citroën AX. Vencedor do Carro do Ano 1988 em Portugal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos