Arranque a Frio

Dieta cara. Menos 18 kg custam mais de 66 mil euros no Ford GT

O Ford GT é daqueles carros únicos e… caros. A nova Carbon Series aumenta o preço do superdesportivo em mais de 66 mil euros.

Depois de já ter anunciado que vai produzir mais 350 unidades do Ford GT (a início estava planeado serem apenas 1000) a Ford mostrou a nova versão Carbon Series. Esta vem substituir a antiga versão Competition Series e permite tirar 18 kg no peso do superdesportivo da Ford.

Para além da redução no peso, esta versão conta ainda com mudanças estéticas, com a fibra de carbono a ser visível na risca central que atravessa o carro, nos pilares A, nas saias laterais e ainda nas jantes. Para ajudar a poupar peso o Ford GT Carbon Series conta ainda com um escape em titânio.

Ao contrário da Competition Series, a Carbon Series conta de série com rádio e ar condicionado. Apesar de a Ford ainda não ter anunciado os preços da Carbon Series,  é de esperar que acrescente cerca de 75 mil dólares ao GT “standard”  — cerca de 66 mil euros, ou seja, pouco mais de 3600 euros por cada quilo perdido.

Mas não se fica por aqui. Por mais 10 mil a 15 mil dólares (entre 8800 e 13 mil euros) está ainda disponível o pack Accent, que permite ao comprador personalizar o seu GT Carbon Series com detalhes em laranja, prateado, vermelho ou azul nos espelhos, pinças de travão e risca central.

VÊ TAMBÉM: Ford e Volkswagen. Possível fusão no horizonte?

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência da Ford Ranger Raptor?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Ranger Raptor. Uma Pick-up americana em versão europeia

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos