Insólito

Este “Porsche 968” conquistou o World Time Attack Challenge em Sidney

O grande vencedor do World Time Attack Challenge foi um Porsche 968. Sim, leste bem, um 968, mas olhando para ele, pouco ou nada parece um.

Lembras-te de te termos falado sobre um Arteon, ou ART3on,  feito pelos estagiários da Volkswagen para o World Time Attack Challenge em Sidney? Hoje trazemos-te outro projeto para o mesmo evento realizado na Austrália, que acabou por ser o grande vencedor, um Porsche 968.

Este Porsche 968 correu na categoria de topo do World Time Attack Challenge, a Pro. Nesta são permitidas várias alterações ao nível da suspensão, motor e da aerodinâmica e foi graças a estas que a equipa do Porsche conseguiu transformar um 968 num “monstro” de pista — como dá para ver, as alterações permitidas são profundas…

Com uma pintura a fazer lembrar as cores da Martini Racing e mais de 800 cv o Porsche 968 estabeleceu-se como o carro de turismo mais rápido no circuito usado para o evento australiano, o Sydney Motorsports Park, um circuito com 11 curvas distribuídas em 3,93 km.

VÊ TAMBÉM: Ouve o roncar do Porsche 935 neste vídeo
Porsche 968 World Time Attack Challenge

De Porsche 968 só tem o nome…

O 968 que venceu o World Time Attack Challenge de Porsche quase só tem o nome e as proporções básicas, pois quase tudo o resto foi alvo de melhoramentos e profundas alterações, a começar pelo motor. O quatro cilindros de série, com 3.0 l, foi profundamente alterado, apenas mantendo a cambota de origem — por força dos regulamentos —, um trabalho efetuado pela Elmer Racing.

O motor conta ainda com um turbo BorgWarner e uma centralina específica, com a transmissão a ser do tipo transaxle — onde caixa e diferencial são uma unidade só —, e a caixa tem seis velocidades.

Os 800 e tal cavalos debitados foram uma aposta conservadora, já que têm em sua posse uma variante deste motor, com 4,0 l, e componentes “esculpidos” diretamente de blocos de alumínio, capaz de debitar 1500 cv de potência.

Por fim, a aerodinâmica foi a grande aposta da equipa, que até contou com a ajuda de um antigo engenheiro de F1. Assim, o 968 usado no evento australiano conta com uma enorme asa dianteira e uma barbatana produzidas em fibra de carbono. Para além dos apêndices aerodinâmicos também a secção frontal e os guarda lamas recorrem a fibra de carbono.

O tempo de 1min19,825s ficou a poucas décimas do recorde oficial do circuito (1min19,1s), estabelecido pelo piloto do Fórmula 1 Nico Hülkenberg, quando corria nos monolugares da fórmula A1 Grand Prix, em 2007. Só para se ter uma ideia da performance deste 968, o segundo classificado ficou a… 10 segundos de distância(!).

Fotos: World Time Attack Sidney

Sabes responder a esta?
Em qual destes mercados será vendido o Skoda Kodiaq GT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o Kodiaq GT que não vais poder comprar

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos