Salão de Paris 2018

Peugeot e-Legend. Um olhar para o futuro com aroma a nostalgia

A Peugeot escolheu o Salão de Paris para apresentar a sua visão do futuro. O e-Legend é a visão da marca de Sochaux para o futuro elétrico e autónomo com 600 km de autonomia e um visual que evoca o passado.

A marca do leão desvendou hoje a sua visão do que deve ser um carro elétrico e autónomo. Aproveitando o aniversário dos 50 anos do lançamento do 504 Coupé, a Peugeot mostrou ao mundo no salão de Paris o e-Legend, um coupé com visual retro mas que é uma verdadeira montra tecnológica.

Apesar do look retro não te deixes enganar, pois, como diz o ditado, quem vê caras não vê corações, e debaixo de uma carroçaria que foi buscar inspiração às linhas traçadas por Pininfarina há meio século, estão dois motores elétricos (um por eixo), um conjunto de baterias com capacidade de 100 kWh que oferecem um total de 462 cv (ou 340 kW) e 800 Nm de binário e que permitem cumprir os tradicionais 0 aos 100 km/h em apenas 4,0s e que o empurram até aos 220 km/h de velocidade máxima.

Apesar do elevado nível de performance a autonomia não se ressente, com a marca a anunciar que com uma carga o Peugeot e-Legend é capaz de percorrer 600 km (segundo o ciclo WLTP) e a afirmar que 25 minutos num posto de carga rápida vão permitir ter energia suficiente para mais 500 km. Para além disso, a Peugeot anunciou ainda que o carregamento dispensa as tradicionais fichas e tomadas elétricas, podendo ser feito por indução.

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Paris 2018
Peugeot e-Legend

Autónomo q.b

Apesar de a Peugeot apresentar o e-Legend como um automóvel autónomo, dispondo de autonomia de nível 4, é possível conduzir a mais recente montra tecnológica da marca francesa, pois o e-Legend possui pedais e volante.

Existem quatro modos de condução: dois autónomos e dois manuais. Do lado autónomo, temos os modos Soft e Sharp, já do lado manual temos os modos Legend e Boost. Graças à tecnologia by wire (por fio, sem ligações mecânicas), quando se escolhe um dos modos autónomos o volante desaparece dando lugar a um enorme ecrã de 49″.

Peugeot e-Legend

Apesar de ser pouco provável que a Peugeot venha a lançar o e-Legend no mercado, este protótipo serve, acima de tudo, como uma montra onde a marca francesa mostra o que de melhor consegue fazer a nível tecnológico e, quem sabe, se não serve como uma amostra da linguagem visual que a marca pode vir a adotar.

Mais artigos em Notícias