Salão de Paris 2018

Mercedes-Benz EQC. Rival do e-tron e i-Pace vê a luz do dia em Paris

A Mercedes-Benz apresentou hoje em Paris o primeiro modelo da sub-marca elétrica EQC. Com 408 cv o Mercedes-Benz EQC é a resposta da marca de Estugarda ao Audi e-tron e ao Jaguar i-Pace.

Depois de em 2016 ter apresentado a sub-marca EQC no salão de Paris, com a apresentação de um concept, a Mercedes-Benz escolheu o mesmo palco para revelar a versão de produção do primeiro modelo da nova marca 100% elétrica, o Mercedes-Benz EQC 400 4MATIC, um SUV que o fabricante posiciona entre os SUV e os SUV “Coupé”.

Graças a dois motores elétricos colocados sobre os eixos traseiro e dianteiro, o EQC dispõe, assim, de tração integral.

O EQC dispõe de cinco modos de condução: Comfort, Eco, Max Range, Sport, além de um programa adaptável individualmente. Está ainda disponível o sistema Eco Assist, que oferece várias ajudas ao condutor como o reconhecimento de sinais, informações dos assistentes de segurança inteligentes, como é o caso dos radares e câmara entre outros.

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Paris 2018
Mercedes-Benz EQC 2018

Dois motores, 408 cv

O par de motores elétricos garantem ao EQC 300 kW de potência ou 408 cv, e 765 Nm de binário que permitem cumprir os 0 aos 100 km/h em 5,1s e impulsionam o SUV até aos 180 km/h (velocidade máxima electronicamente limitada).
Para alimentar os dois motores, o Mercedes-Benz EQC dispõe de uma bateria de iões de lítio com 80 kWh. De acordo com a marca alemã esta deverá ser suficiente para uma autonomia de “mais de 450 km”, mas estes dados são provisórios (e, incompreensivelmente, ainda segundo o ciclo NEDC). De acordo com esses mesmos dados vai ser possível carregar a bateria até 80% de carga em 40 minutos, mas para tal é preciso uma tomada com potência máxima de até 110 kW numa estação de carga apropriada.
O Mercedes-Benz EQC iniciará comercialização apenas em 2019.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos