Supercarro

O meu carro de todos os dias? Um Dodge Viper com mais de 300 000 km

Alguém esqueceu-se de avisar o dono deste Dodge Viper de que os supercarros não são para usar muito — há que preservar o seu valor…

Supercarros. Diz o «livro das regras do mundo automóvel» que não é suposto usar um supercarro no dia-a-dia. São desconfortáveis, são caros, são dispendiosos de manter, são pouco práticos.

Tudo verdade. Mas não é menos verdade que o habitat natural de qualquer carro é na estrada. Seja ele superdesportivo ou super… familiar.

É por isso que há algo de verdadeiramente fascinante no facto de alguém quebrar as regras e fazer de um supercarro o seu carro do quotidiano.

Dodge Viper Matt Farah
Será que passa alguma luz por aqueles faróis?

O meu carro do dia-a-dia? Um Viper…

Neste caso em particular, o supercarro em questão é um Dodge Viper, de primeira geração, o mais selvagem de todos os Viper, nada compatível com o dia-a-dia. O famoso supercarro americano equipado com um massivo motor V10 com 8000 cm3 de capacidade e 400 cv de potência. Particularidade? Além do facto de lidar mal com as curvas (face aos rivais europeus…) o seu motor deriva do bloco de um… camião.

Dodge Viper Matt Farah

O Dodge Viper que podem ver nas imagens já conta com mais de 191 000 milhas no odómetro, o equivalente a mais de 300 000 km. E aparentemente não vai abrandar…

Mas o uso teve o seu preço. Olhem para ele — já vi «chassos» de 1000 euros em melhor estado do que este Viper. Os faróis estão totalmente «queimados» pelo sol — ligar as luzes ou não deve surtir o mesmo efeito. A pintura está cheia de mazelas — e parece ter sido retocada, de forma muito pouco profissional, em alguns pontos —; os para-choques necessitam de reparação e o interior está cheio de lixo — mas as capas dos bancos são novas.

RELACIONADO: Este foi o último Dodge Viper a sair da linha de produção

O desleixo é excessivo, mas, por outro lado, é um dos mais fascinantes Dodge Viper que já vi. Contra todas as «regras», este Viper foi usado, mesmo muito usado — o seu dono deve ser masoquista, ou então continua apaixonado pelos encantos rústicos e únicos da sua máquina. Seja qual for a razão… abençoado seja.

 

Sabes responder a esta?
Qual o valor conseguido em leilão pelo último dos Viper e Demon?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Um milhão de dólares pelos últimos Dodge Viper e Demon

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos