TT da Ilha de Man

TT da Ilha de Man. Assiste à volta mais rápida da história da «corrida da morte»

Peter Hickman, aos comandos de uma BMW S1000RR, bateu o recorde absoluto do TT da Ilha de Man, com uma volta à velocidade média de 135.452 mph (217.998 km/h). Vê o onboard da volta recorde!

É nas ruas e estradas da pequena Ilha de Man, uma comunidade autónoma situada no mar entre a Irlanda e Grã-Bretanha, que se realiza aquela que é considerada a corrida de estrada mais perigosa do mundo. Falamos do TT da Ilha de Man, ou se preferirem “A Corrida da Morte”.

São mais de 60 km de asfalto, que atravessam vilas e vales, acompanhados por postes, obstáculos, lombas e até pedras da calcada.

É nestas condições que pilotos e máquinas tentam percorrer no menor tempo possível um traçado cheio de perigos, a velocidades que superam os 300 km/h, para no final sentir o doce sabor do champanhe, desafiar a morte, vencer e sobreviver para contar como foi.

Absurdo?

Travar, deitar, acelerar, repetir.

Outrora integrado no Campeonato do Mundo de Velocidade, o TT da Ilha de Man foi banido da modalidade em 1976.

Impressionante? Sem dúvida. Perigoso? Definitivamente. Mas não nos podemos esquecer que esta é a derradeira paixão da humanidade.

A volta mais rápida da história do TT da Ilha de Man

Mas desde 1976 que muita coisa mudou. Nomeada a potência e a capacidade da ciclística das motas. A coragem dos pilotos? Essa mantém-se onde sempre esteve. No máximo! E a edição 2018 do TT da Ilha de Man é a prova disso mesmo.

Peter Hickman, aos comandos de uma BMW S1000RR, bateu o recorde absoluto do TT da Ilha de Man, com uma volta à velocidade média de 135.452 mph (217.998 km/h).

Uma velocidade absurda, que é mais fácil de traduzir por imagens do que por palavras:

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos