Novidade

Utilitário “racer”? Opel Corsa GSi chega em setembro

Chassis OPC, motor 1.4 Turbo de 150 cv e caixa manual de seis velocidades: eis o Opel Corsa GSI, com visual a condizer, e encomendas a partir de julho.

Depois de já termos avançado, aqui na Razão Automóvel, a chegada de uma nova versão, mais picante, para a família Opel Corsa, com a denominação GSi, eis que a marca do relâmpago desvenda mais algumas informações sobre o seu novo ‘pocket-rocket’, cuja chegada aos concessionários está desde já prevista para setembro.

Disponível para encomenda a partir de julho, o Opel Corsa GSi conta, segundo acaba de revelar o fabricante de Rüsselsheim, com o contributo do quatro cilindros 1.4 litros turbocomprimido de 150 cv e 220 Nm de binário, conjugado com caixa manual de seis velocidades de relações curtas. Com o binário máximo a surgir entre as 3000 e as 4500 rpm, e a resposta a anunciar-se particularmente responsiva na segunda e terceira velocidades.

Utilizando no chassis e suspensão vários componentes importados da versão OPC — que não sobreviverá ao WLTP — o Corsa GSi anuncia assim como prestações uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 8,9s, mas também recuperações dos 80 para os 120 km/h, em quinta velocidade, em não mais que 9,9s, com a velocidade máxima anunciada a surgir aos 207 km/h.

Opel Corsa GSi 2018

O pequeno utilitário de ambições desportivas não deixa de cumprir, igualmente, as limitações impostas pela futura norma Euro 6d-TEMP, anunciando um consumo misto de 6,3-6,2 l/100 km e emissões de CO2 de 147-143 g/km (NEDC).

Equipado com jantes em liga leve de 18 polegadas e pneus 215/40, o carro alemão conta ainda com travões de disco de maiores dimensões.

Visual a condizer

A apoiar os argumentos técnicos, uma estética complementada com um pára-choque dianteiro específico e mais desportivo, uma grelha frontal tipo ninho de abelha enquadrada por duas barras em preto a imitarem o carbono (a mesma solução escolhida para as capas dos retrovisores), saias laterais e um spoiler traseiro proeminente, o qual, além do atributo visual, garante ainda uma um efeito aerodinâmico descendente adicional, garante a marca. Também na traseira, um pára-choques volumoso, com saída de escape cromada integrada.

Opel Corsa GSi 2018

Finalmente, no habitáculo, a possibilidade de contar com bancos dianteiros tipo bacquet, da Recaro, a que se soma o volante, punho da alavanca da caixa de velocidades e pedais com capas em alumínio, estes últimos, propostos de série.

Por conhecer fica, assim, apenas os preços deste Opel Corsa GSi, que, a partir de setembro, já deverá estar a circular nas estradas portuguesas.

Sabes responder a esta?
Por que nome era conhecido o lendário BMW 3.0 CSL?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

BMW M recupera sigla CSL para substituir versões GTS

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos