Drag Race

Peso-pesado Devel Sixty 6×6 surpreende Mercedes-AMG GT em drag race

A criatura das arábias a que dão o nome de Devel Sixty, mostrou toda a sua força ao levar de vencida o mais ligeiro Mercedes-AMG GT numa prova de arranque.

O nome Devel não é estranho à Razão Automóvel. É a marca que quer comercializar o Sixteen, um hiper-desportivo onde a versão base — repito, base —, debita 2000 cv, valor que sabe para os 5000 cv na versão de circuito graças a um V16 com 12,3 l — sim, leram bem, 12 300 cm3 — com quatro turbos.

Mas não é o único “carro” que têm em desenvolvimento. A sua outra besta não podia ser mais distinta. O Devel Sixty é uma… coisa, saída de um filme apocalíptico, com seis rodas motrizes, seis lugares (com opção para sete) e força, mesmo muita força. Algures nas suas entranhas reside um V8 Turbo Diesel com 6.7 l e mais de 700 cv de potência e 1000 Nm de binário — uma variante de 1500 cv aparentemente está nos planos.

E apesar do volume e (presumivelmente muito) peso, é rápido, com a Devel a anunciar apenas 5,8s até aos 96 km/h (60 mph), com o bom senso a limitar eletronicamente esta criatura aos 150 km/h.

Devel Sixty

Não seria a primeira escolha que nos ocorreria para uma drag race, mas foi o que aconteceu. O adversário é o muito mais “rasteiro” e ligeiro Mercedes-AMG GT S, equipado com um V8 twin turbo de 4.0 l e 522 cv, que declara 3,8s dos 0 aos 100 km/h.

Os resultados são previsíveis, certo?

São 2,0s a menos até aos 100 km/h, mas no vídeo, a superioridade do Mercedes-AMG GT parece ter-se esfumado — o arranque não foi nada bom, diga-se —, mas, resultados à parte, o que verdadeiramente impressiona é a forma como o Devel Sixty “dispara” em direção ao horizonte.

Uma segunda corrida coloca o Devel Sixty contra o Mercedes-Benz Classe G (G63, G65?) — que também queima o arranque —, dando a “vitória” ao Sixty.

O vídeo começa um pouco antes das duas corridas, mas antes, o autor do vídeo dá-nos a conhecer um pouco melhor o fascinante Devel Sixty. As especificações conhecidas, por vezes parecem fazer parte de um veículo militar, um tanque para uso civil.

Vem equipado com visão noturna, jantes militares, sistema central de enchimento dos pneus e eixos pórticos. Vem também com suspensão independente e ajustável, imensas possibilidades de personalização e todos os equipamentos expetáveis: ar condicionado, bancos aquecidos e ventilados, GPS, etc…

E o preço? Uma pechincha… apenas 450 mil dólares (aproximadamente 376 mil euros). 

Sabes responder a esta?
Qual a potência do novo Mercedes-AMG GT S Roadster?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-AMG GT S Roadster. No meio é que está a virtude?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos