Arranque a Frio

Kris Meeke despedido por “número excessivo de acidentes”

Piloto oficial da equipa de fábrica da Citroën, o britânico Kris Meeke foi despedido da Citroën World Rally Team, devido ao “número excessivo de acidentes”. Verdade ou não, este é apenas um dos muitos vídeos que justificam a posição da formação francesa.

Não sendo nosso propósito fazer de “advogado do diabo”, ou até mesmo o contrário, a verdade é que não faltam, na Internet, vídeos que confirmam não somente o ritmo elevado que o piloto britânico consegue imprimir nas suas classificativas, como também os resultados, não raras vezes, desapontantes com que terminam os esforços de Kris Meeke — basta recordar o sucedido no Rally de Portugal de 2017!

Ou melhor, recordar o sucedido, precisamente, no Rally de Portugal deste ano. Prova que Meeke abandonou, na sequência de um impressionante despiste, já depois de ter feito a Street Stage no Porto, sem o pneu traseiro do lado direito.

Após o despiste violento e abandono, na classificativa de Amarante, Kris Meeke teve, inclusivamente, de ser observado durante algumas horas no hospital. Dando assim razão aos argumentos de “segurança” que levaram ao seu afastamento.

RELACIONADO: Os melhor dos ralis com apenas… 3 rodas!

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Qual o foi o tempo feito por um protótipo do Ferrari 488 Pista, dos 0 aos 100 km/h?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Tempo canhão. Ferrari 488 Pista atinge os 100 km/h em 2,26s

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos