Antevisão

Automobili Pininfarina. Primeiro modelo será um hipercarro elétrico com 2000 cv

A histórica casa de design italiana inicia nova era ao tornar-se uma marca de automóveis — Automobili Pininfarina. Estes são os primeiros teasers do seu primeiro modelo, um hipercarro de 2000 cv, 100% elétrico.

A Pininfarina, após longos anos de dificuldades e incertezas sobre o seu futuro — que levou a que fosse adquirida pela indiana Mahindra — está pronta para iniciar uma nova fase da sua existência, que se prolonga já por 88 anos.

De carrozzieri, a atelier de design e engenharia, passando por produtor automóvel, a Pininfarina também passará a ser sinónimo de marca automóvel, com modelos de concepção própria. A Automobili Pininfarina foi apresentada oficialmente na última sexta-feira, a 13 de abril, mas arrancará definitivamente em 2020 — coincidindo com o 90º aniversário — com o lançamento do seu primeiro modelo.

Apesar do nome, é uma empresa nova, separada da Pininfarina, que manterá as suas atividades como casa de design e engenharia, abarcando várias áreas para além do automóvel.

Automobili Pininfarina PF0

Nome de código: PF0

O seu primeiro modelo, conhecido internamente como PF0, será revelado ainda em 2019, e trata-se de um hipercarro zero emissões, que é como quem diz, 100% elétrico. Os números que acompanham esta nova máquina são massivos, fazendo jus ao epíteto de hipercarro.

O PF0 terá tração integral, providenciada por quatro motores elétricos — um por roda —, totalizando 2000 cv de potência máxima. Sendo elétrico e a baterias, será pesado, com a Automobili Pininfarina a referir que, mesmo assim, terá um peso inferior a 2000 kg. Ou seja, uma relação peso-potência inferior a 1 kg/cv, caso se concretize.

As prestações estimadas são viscerais. Os 100 km/h serão atingidos em menos de 2 s (!), os 300 km/h em menos de 12 s e uma velocidade máxima superior a 400 km/h — números ambiciosos que fazem recordar os anunciados para um futuro superdesportivo elétrico norte-americano… 

E autonomia? A Automobili Pininfarina promete 500 km de alcance máximo, mas provavelmente não a explorar todo o potencial de performance do PF0.

Italiano, sim, mas com tecnologia croata

O desenvolvimento da tecnologia elétrica está a ser efetuado com a Rimac. A empresa croata, que concentra os seus esforços no desenvolvimento de tecnologias para automóveis elétricos, apresentou recentemente no Salão de Genebra o seu segundo hipercarro zero emissões denominado C_Two — um monstro com 1914 cv e que também anuncia menos de 2,0 s para atingir os 100 km/h.

Terá o PF0 um relacionamento mais estreito C_Two? Teremos de esperar para ver.

Futuro da marca terá… um SUV

O preço previsto para o PF0 deverá ascender confortavelmente à casa dos sete dígitos, associado uma produção bastante reduzida. Servirá como cartão de visita para futuras propostas da nova marca automóvel, que deverão incidir num novo SUV de luxo, com preços a começar nos 150 mil euros, de acordo com declarações de Michael Perschke, o CEO da nova marca.

Sabe responder a esta?
Quem é que venceu a Corrida dos Campeões em 1984, no Nürburgring?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ayrton Senna, o puto brasileiro que deu uma tareia aos melhores do mundo

Mais artigos em Notícias